Milho fertirrigado com dejetos líquidos de suínos para ensilagem

Adauton Vilela de Rezende, Alexandre Rocha Valeriano, Hélio Henrique Vilela, Rodrigo de Oliveira Cesarino, Flávio Moreno Salvador, Carlos Henrique Silveira

Resumo


Resumo. Objetivou-se avaliar a influência da adubação com dejetos líquidos de suínos (DLS) em cobertura na cultura do milho, sobre as características agronômicas e composição bromatológica das silagens. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetiçõe, em esquema de parcelas subdivididas no tempo. As cultivares utilizadas foram Geneze 2005 e AL-Band. Os tratamentos foram: testemunha (sem adubação de cobertura), cobertura com 350 kg/ha da fórmula 30-00-20, 50 m3 de DLS/ha, 100 m3 DLS/ha e 150 m3 DLS/ha. A maior altura de plantas e espigas foi observada no tratamento com adubação química. Observou-se maior porcentagem de plantas acamadas para a cultivar AL-Band. Para a cultivar Geneze 2005 observou-se produtividade de MS 15,5% superior à AL-Band. Os teores de MS e pH foram influenciados pela adubação e cultivares. Observou maiores valores de PB e DIVMS e menores valores de lignina nos tratamentos que receberam adubação química. Nos tratamentos testemunha e 150 m3 DLS/ha, foram observadas maiores valores de FDN. Maiores porcentagens de FDA foram observadas na cultivar Geneze 2005. A utilização do híbrido Geneze 2005 e da adubação em cobertura com dejetos líquidos de suínos na dosagem de 150 m3/ha proporcionou produtividades satisfatórias.



Palavras-chave


Matéria seca, Silagem, Valor nutritivo

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.