Variação sazonal na produção de forragem de clones intra e interespecíficos de capim-elefante

Rogério Figueiredo Daher, Erina Vitório Rodrigues, Maria do Socorro Bezerra de Araújo, Lidiane Sena Pinheiro, Geraldo do Amaral Gravina, Francisco José da Silva Lédo, Antônio Vander Pereira

Resumo


O capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) é uma gramínea perene, adaptando-se às condições climáticas predominantes em quase todo o país. Entretanto, em muitas regiões, aproximadamente 70 a 80% da sua produção concentra-se na época das chuvas. Essa sazonalidade de produção de forragem é atribuída às baixas precipitações e temperaturas que ocorrem no período de inverno. O trabalho objetivou avaliar a sazonalidade da produção forrageira de clones intra e interespecíficos de capim-elefante, por meio de regressão polinomial conjunta. O experimento foi conduzido no período de abril/2004 a novembro/2005, no campo experimental da Embrapa Gado de Leite em delineamento de blocos completos casualizados, com duas repetições e 49 tratamentos. Houve diferenças significativas entre os tratamentos para massa de forragem. Os genótipos de capim-elefante CNPGL 96-27-3, CNPGL 93-41-1, CNPGL 92-37-5 e CNPGL 91-11-2 apresentaram elevado potencial de produção de massa de forragem independente da época de cultivo, caracterizando-se como de grande potencial para utilização na região da Zona da Mata de Minas Gerais. 

Palavras-chave


Pennisetum purpureum, Schum, regressão polinomial, sazonalidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v10i38.4072

Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.