Época e densidade de semeadura afetando a produção de Capim Piatã e Brachiaria ruziziensis em consórcio com soja

Eduardo Andrea Lemus Erasmo, Rogério Cavalcante Gonçalves, Jhansley Ferreira da Mata, Luíz Paulo Figueredo Benício, Vinícius Almeida Oliveira

Resumo


O sistema de consórcio entre culturas é usado em muitas partes do mundo, em geral, tem se mostrado mais produtivo que o monocultivo. Assim sendo, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a densidade e época de semeadura de Brachiária brizantha cv. BRS Piatã e Brachiaria ruziziensis em consorcio com a cultura da soja. O estudo foi conduzido em condições de campo na estação experimental da Universidade Federal do Tocantins. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial de (2 x 2 x 3) + 4, com quatro repetições, correspondendo a duas épocas de semeadura da Brachiaria brizantha cv. BRS Piatã e Brachiaria ruziziensis, duas densidades de semeadura da braquiária e a braquiária crescida isoladamente nas duas densidades e épocas testadas. 140 dias após o plantio da soja foram determinados o número de perfilhos, altura, massa seca da parte aérea; massa seca foliar e massa seca do colmo. Os dados foram submetidos à análise variância e as médias comparadas pelo teste Tukey. O cultivo da braquiária em consórcio com a soja promoveu a redução de todos os parâmetros avaliados. O aumento da densidade de semeadura promoveu redução no perfilhamento, e aumento na produção de matéria seca.


Palavras-chave


Braquária, competição, integração lavoura-pecuária, renovação de pastagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v10i37.3402

Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.