O livro didático de História e a questão da identidade nacional brasileira ao longo período republicano: a fronteira entre rupturas e continuidades

Gilmara Yoshihara Franco, Carlos Alexandre Barros Trubiliano

Resumo


O livro didático é um dos muitos materiais que possibilitam a didatização do saber histórico. Embora seja considerado como mais uma das ferramentas de ensino, que viabilizam a prática docente no universo da cultura escolar, os manuais são tomados por muitos educadores, como principal condutor da ação pedagógica; por esta razão, tem merecido destaque nos debates sobre o ensino, e, particularmente, no que diz respeito ao ensino na disciplina de História. Deste modo, o artigo tece considerações sobre as concepções da identidade nacional presente nos livros didáticos, sobretudo a partir do período republicano, e investiga como esta ferramenta pedagógica pode ser observada como espaço de disputas por representação entre os diversos grupos que compõem a sociedade brasileira.

Palavras-chave


Ensino. Política. Livro Didático.

Texto completo:

PDF


Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.