Exploração do trabalho de crianças e adolescentes: o desafio da efetividade dos direitos humanos na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina

Autores

  • Roseméri Simon Bernardi PUC/PR

Palavras-chave:

Exploração. Trabalho infantil. Tríplice fronteira.

Resumo

Objetivou-se identificar os principais pontos que geram a perpetuação e permanência do problema da exploração do trabalho de crianças e adolescentes na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. Promover a proteção dos direitos da criança e do adolescente na região da tríplice fronteira significa fortalecer a cooperação trinacional com ações concretas no âmbito do Mercosul. Concluiu-se que a legislação que protege as crianças e adolescentes é vasta e o problema da exploração do trabalho infantil ocorre não pela carência de leis e normas protetoras, mas sim pelo descaso por parte dos governos com a efetiva aplicação das mesmas.

Biografia do Autor

Roseméri Simon Bernardi, PUC/PR

Mestranda em Direito Socioambiental pela PUC/PR, professora da UNIFOZ, CESUFOZ e UDC nos cursos de Direito e Ciências Contábeis em Foz do Iguaçu, PR.

Downloads

Publicado

29/04/2011

Como Citar

Bernardi, R. S. (2011). Exploração do trabalho de crianças e adolescentes: o desafio da efetividade dos direitos humanos na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. Revista Videre, 2(4), 165–182. Recuperado de https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/videre/article/view/821

Edição

Seção

Artigos