Ecologia de ambientes aquáticos em extensão: experiências do grupo de pesquisa em Ecologia e Biologia de Invertebrados – EBI/UEMS

Autores

  • Emerson Machado de Carvalho
  • Mônica Mungai Chacur
  • Cynthia de Barros Mansur
  • Nathaskia Silva Pereira
  • Mieko Nagato Ito
  • Jelly Makoto Nakagaki

Palavras-chave:

Extensão Universitária. Ecologia de riachos. Preservação ambiental.

Resumo

O presente estudo relata as atividades e ações, bem como os processos que levaram o Grupo de Pesquisa em Ecologia e Biologia de Invertebrados (EBI) a aproximar a sociedade (senso comum) da pesquisa acadêmica através das práticas de extensão universitária. Para isso foram produzidas, maquetes de riachos e lagos, jogos educativos, palestras, site na internet e atividades de ilustração científica que serviram para envolver a comunidade e discutir os diversos problemas da região. Verificou-se que estas ferramentas, bem como as ações do Grupo foram bastante eficazes na participação e envolvimento principalmente com as crianças e jovens. Da mesma forma, a aproximação com a comunidade foi um importante processo de (re) apropriação da pesquisa como bem comum, tendo, assim, maior representatividade social para os pesquisadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23/06/2017

Como Citar

Carvalho, E. M. de, Chacur, M. M., Mansur, C. de B., Pereira, N. S., Ito, M. N., & Nakagaki, J. M. (2017). Ecologia de ambientes aquáticos em extensão: experiências do grupo de pesquisa em Ecologia e Biologia de Invertebrados – EBI/UEMS. RealizAção, 3(5), 109–124. Recuperado de https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/realizacao/article/view/6364

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>