Assistência técnica e gerencial e a extensão rural por meio da ferramenta ISA: um estudo de caso no Sítio Nazareth - Ipanema-MG

Breno Dalcolmo de Almeida Leão, Edwaldo Bruno Alvim Campos, Paulo César Assis Pires, Arnaldo Henrique de Oliveira Carvalho

Resumo


A assistência técnica e gerencial e a extensão rural são primordiais na ampliação do desenvolvimento rural. Para tanto uma visão holística dos sistemas agropecuários se faz necessário. Avaliou-se a sustentabilidade do Sítio Nazareth, por meio da análise dos Indicadores de Sustentabilidade do Agroecossistema (ISA) e propôs-se um plano de adequação. Foram realizadas entrevistas com o produtor e visitas de campo para o preenchimento das planilhas, que gera 21 indicadores que variam de 0 a 1, considerando 0,70 o limiar de sustentabilidade. A propriedade possui 26,98 hectares, em sua maioria ocupada por pastagens (51,9%). O índice de sustentabilidade foi de 0,61. Dentre indicadores avaliados, 11 apresentaram valores abaixo do limiar de sustentabilidade (0,70), 4 desses aspectos socioeconômicos e 7 aspectos ambientais. Os índices socioeconômicos apresentam-se bem balanceados e os índices ambientais necessitam de maior atenção. Os pontos fortes foram a produtividade (0,88), a evolução patrimonial (0,87), os serviços básicos e a segurança alimentar (0,85) e a escolaridade e capacitação (0,86). Os índices abaixo do limiar foram encaminhados para o plano de adequação, com sugestões de melhoria baseada na literatura do assunto e na realidade do produtor. A ferramenta ISA propiciou ótimo roteiro e gerou dados de forma eficiente e eficaz para a promoção de ATER. É importante que o plano de adequação seja colocado em prática e as oportunidades exploradas, de forma a elevar a eficiência da atividade produtiva e garantir a sustentabilidade do agroecossistema.

Palavras-chave


Sustentabilidade. Agroecossistema. Indicadores.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVAREZ, V. H., NOVAIS, R. F., BARROS, N. F., CANTARUTTI, R. B., LOPES, A. S. Interpretação dos resultados das análises de solo. In: COMISSÃO DE FERTILIDADE DO SOLO DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais - 5ª Aproximação. Viçosa, MG, 1999, p.25-33.

BRASIL. Lei 12.651, de 25 de maio de 2012. Código Florestal. Brasília, DF, 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/L12651compilado.htm. Acessado em: 06 mai. 2019.

CÂNDIDO, G. A.; NÓBREGA, M. M.; FIGUEIREDO, M. T. M.; MAIOR, M. M. S. (2015). Avaliação da sustentabilidade de produção agroecológica: um estudo comparativo dos métodos IDEA e MESMIS. Ambiente & Sociedade, v.18, n.3, p.99-120, 2015

CARRERO, G. C. Sistemas silvipastoris com pastejo rotacional: alternativas sustentáveis para a produção pecuária na Amazônia. Gestão e Governança Local para a Amazônia Sustentável; notas técnicas; PQGA/IBAM: Belém, Brasil, p. 79-91, 2016.

CARVALHO, D. M.; RIOS, G. S. L. R. Participação, viabilidade e sustentabilidade: dimensões de desenvolvimento local numa associação de produtores rurais. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 9, n. 3, p. 402-420, 2007.

EMBRAPA - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Relatório 2016: Dados zootécnicos, econômicos e de uso de tecnologia do Programa Balde Cheio em MG. 2016. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/172559/1/Relatorio2016-ProjetoBaldeCheio-MG.pdf. Acesso em: 06 mai. 2019.

FERREIRA, J. M. L.; VIANA, J. H. M.; COSTA DA, A. M.; SOUSA, D. V.; FONTES, A. A. Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v.33, n.271, p.12-25, 2012.

FIGUEIREDO, N. M. S.; BRANCHI, B. A.; SAKAMOTO, C. S. Evolução da qualidade do emprego rural no Brasil e regiões entre 2004 e 2009 sob uma perspectiva de gênero. Pesquisa & Debate. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política, v. 23, n. 2 (42), 2012

FONTANETTI, A.; SALGADO, G. C.; GALVÃO, J. C. Cultivo intercalar no manejo das plantas daninhas. Controle de plantas daninhas: métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopático, p. 70-81, 2018.

GUIMARÃES, M. C.; BRISOLA, M. V. Teoria motivacional de Maslow e sua aplicação na empresa rural. Revista de Administração e Contabilidade, Unaí-MG, v. 1, p. 37-45, 2001.

IBGE. Produção da Pecuária Municipal 2017. Rio de Janeiro: IBGE, 2018. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/ipanema/pesquisa/18/16459?tipo=ranking&indicador=16556. Acesso em: 02 mai. 2019.

IBGE. Produto Interno Bruto dos Municípios. Rio de Janeiro: IBGE, 2016. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/ipanema/pesquisa/38/46996. Acesso em: 02 mai. 2019.

KHAN, A. S.; SILVA, A. T. B. Reforma Agrária Solidária, Assistência Técnica e Desenvolvimento Rural no Estado do Ceará. Revista Econômica do Nordeste, v.33, n.3, p.593-614, 2002.

MACEDO, M. C. M.; KICHEL, A. N.; ZIMMER, A. H. Degradação e alternativas de recuperação e renovação de pastagens. Campo Grande: EMBRAPA-CNPGC, (Comunicado Técnico, 62), 2000.

MENDES, C. I. C.; BUAINAIN, A. M.; FASIABEN, M. C. R. Uso de computador e internet nos estabelecimentos agropecuários brasileiros. In: MASSRUHÁ, S. M. F. S.; LEITE, M. A. A.; LUCHIARI JÚNIOR, A.; ROMANI, L. A. S. Tecnologias da informação e comunicação e suas relações com a agricultura. Brasília: EMBRAPA, 2014, p.39-52.

MOURA, L. N. A.; LACERDA, M. P. C.; RAMOS, M. L. G. Qualidade de Organossolo sob diferentes usos antrópicos em áreas de preservação permanente no Distrito Federal. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 17, n. 1, p. 33-39, 2013.

NICODEMO, M. L. F.; PRIMAVESI, O. M. A. S. P. R. Serviços ambientais em sistemas silvipastoris. In: BUNGENSTAB, D. J.; ALMEIDA, R. G. de; LAURA, V. A.; BALBINO, L. C.; FERREIRA, A. D. (Ed.). ILPF: inovação com integração de lavoura, pecuária e floresta. Brasília, DF: Embrapa, 2019, p.141-153.

PERON, A. J.; EVANGELISTA, A. R. Degradação de pastagens em regiões de cerrado. Ciência e Agrotecnologia, v.28, n.3, p.655-661, 2004.

PONSANO, E. H. G., PINTO, M. F., GRASSI, T. L. M., AVANÇO, S. V., LIMA, L. K. F. Capacitação de produtores rurais para a melhoria da qualidade do leite cru produzido na região de Araçatuba-SP. Revista Ciência em Extensão, v.7, n.1, p.91-101, 2011.

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPANEMA. Dados do Município de Ipanema-MG. 2019. Disponível em: http://www.ipanema.mg.gov.br/2017/municipio/guiadacidade. Acesso em: 02 mai. 2019.

SANTOS, R. D.; LEMOS, R. C.; SANTOS, H. G.; KER, J. C.; ANJOS, L. H. C. Manual de descrição e coleta de solo no campo. 5 ed. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciências do Solo, 2005.

SILVA, K. R.; BERGAMASCO, S. M. P. P.; SOUZA-ESQUERDO, V. F. Assistência técnica e extensão rural no Vale do Ribeira paranaense. Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, v. 6, n. 2, p. 103-124, 2019.

ULRICH, E. R. Contabilidade rural e perspectivas da gestão no agronegócio. Revista de Administração e Ciências Contábeis da IDEAU, v.4, n.2, p.1-13, 2009.

VILHENA, M. R.; ALVES JUNIOR, A.; FREITAS, A. F. Produtos da sociobiodiversidade no PAA e PNAE: Instrumentos de gestão operacional no PNAE. Revista de Extensão e Estudos Rurais, v. 8, n. 1, p. 71-102, 2019.

TERRA, A. B. C.; FLORENTINO, L. A.; REZENDE, A. V. D.; SILVA, N. C. Leguminosas forrageiras na recuperação de pastagens no Brasil. Revista de Ciências Agrárias, v. 42, n. 2, p. 11-20, 2019.




DOI: https://doi.org/10.30612/realizacao.v7i14.12621

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

RealizAção - Revista on-line de Extensão e Cultura
ISSN 2358-3401

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.