Aquicultura como ferramenta de interação entre Universidade e Sociedade

Autores

  • Daniele Menezes Albuquerque Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Eloísa de Arruda Herrig Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Fabiana Cavichiolo Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

DOI:

https://doi.org/10.30612/re-ufgd.v6i12.10553

Palavras-chave:

Conscientização. Extensão Rural. Meio Ambiente.

Resumo

A aquicultura define-se pelo cultivo de organismos que possuem ao menos uma fase da vida na água, dispõe de diversas modalidades dependendo do tipo de organismo e a água que são cultivados. Embora, na última década, tenha ocorrido no Brasil um grande incentivo voltado a conservação do meio ambiente com importantes avanços tecnológicos na produção de alimentos de origem animal, ainda sim a aquicultura é uma atividade que pode gerar impactos significativos sobre o meio ambiente. Assim, o projeto de interação entre universidade e sociedade vem sendo desenvolvido por 20 acadêmicos do curso de Engenharia de Aquicultura da Universidade Federal da Grande Dourados-UFGD na cidade de Dourados no Mato Grosso do Sul. Antes de dar início a ações, os acadêmicos passaram por um treinamento afim de elaboração das atividades, do cronograma e das técnicas de como interagir com o público. Deu-se início ao projeto na Escola Municipal Professor Manoel Santiago de Oliveira, com atividades lúdicas envolvendo oficina de reciclagem, conscientização do uso racional da água e Dia Mundial do Meio Ambiente. Em seguida foi aplicado um questionário e distribuídos panfletos orientativos sobre o consumo de peixes, no período da Semana Santa durante a 14º Festa do Peixe no Parque Rego D’água na cidade de Dourados-MS. Os resultados foram avaliados conforme a participação dos envolvidos. Conclui-se que as atividades lúdicas despertaram o interesse sobre o consumo de peixes. Bem como as atividades realizadas despertaram uma diminuição do consumo e assim a emissão de resíduos sólidos ao meio ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Menezes Albuquerque, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Curso de Engenharia de Aquicultura

Faculdade de Ciências Agrárias

 

Eloísa de Arruda Herrig, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Curso de Engenharia de Aquicultura

Faculdade de Ciências Agrárias

Fabiana Cavichiolo, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Curso de Zootecnia
Faculdade de Ciências Agrárias

Referências

BRITO, F. O deslocamento da população brasileira para as metrópoles. Revista Estudos Avançados, v.20, n.57, p.221-236, 2006.

BUAINAIN, A. M. Agricultura familiar, agroecologia e desenvolvimento sustentável: questões para debate. Brasília: Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura (IICA), 2006. 136p.

CARVALHO, I. C. M. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. 2.ed. São Paulo: Cortez, 2006.

DUTRA, F.M.; BINOTTO, E.; MAUAD, J.R.C. Uma análise do comportamento do consumidor de peixe em Dourados/MS. Sociedade e desenvolvimento rural, v. 8, n. 2, 2014.

ELER, M. N.; MILLANI, T. J. Métodos de estudos de sustentabilidade aplicados a aquicultura. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 36, p. 33-44, 2007.

FAO. The State of World Fisheries and Aquaculture 2018 (SOFIA) - Meeting the sustainable development goals. Rome: Food and Agriculture Organization, 2018, 227p.

MS PEIXE. Cooperativa de Aquicultores de Mato Grosso do Sul. Dourados: 2013. Disponível em: <http://www.mspeixe.com.br/>. Acesso em: 02/12/2019.

OLIVEIRA, J.M. O peixe e a saúde: das recomendações para o consumo às possibilidades ambientais de atende-lo. Segurança alimentar e nutricional, v. 20, n. suplementar, p. 141-146, 2013.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). Guia sobre Desenvolvimento Sustentável: 17 Objetivos para transformar o nosso mundo. Disponível em . Acesso em: 02 nov. 2019. Peixe BR. Anuário da Piscicultura 2019. Peixe BR – Associação Brasileira da Piscicultura, São Paulo, 2019.

RIBEIRO, R.C.; BARROS, L.A.; PIRES, C.R.F.; KATO, H.C.A.; SOUSA, D.N. Avaliação do consumo de peixes no município de Palmas – TO. Boletim de Indústria Animal, v. 75, n. suplementar, p. 1-11, 2018.

SPIRONELLO, R.L.; TAVARES, F.S.; SILVA, E.P. Educação ambiental: da teoria à prática, em busca da sensibilização e conscientização ambiental. Revista Geonorte, v. 3, n. 4, p. 140-152, 2012.

Downloads

Publicado

19/12/2019

Como Citar

Albuquerque, D. M., Herrig, E. de A., & Cavichiolo, F. (2019). Aquicultura como ferramenta de interação entre Universidade e Sociedade. RealizAção, 6(12), 36–43. https://doi.org/10.30612/re-ufgd.v6i12.10553

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)