Radiante: compreender o câncer do endométrio, a braquiterapia vaginal e a maternidade através de palavras e imagens

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/nty.v7i11.10768

Palavras-chave:

Câncer do endométrio. Braquiterapia. Maternidade.

Resumo

Este artigo resulta de uma análise antropológica centrada na experiência do diagnóstico e tratamento de um adenocarcinoma do endométrio vivida por uma mulher portuguesa. A dimensão incorporada do seu conhecimento e narrativa permite-nos compreender um conjunto específico de problemas enfrentados por mulheres com câncer ginecológico, mostrando como concepções de doença, tratamento, corporeidade, sexualidade, maternidade e resistência se interligam. A doença e o seu filho de três anos emergem como dois elementos opostos da história, veiculando a noção de uma resistência construída pela parentalidade, ou pela condição de mãe, usando-se esse vínculo contra as violências e sofrimentos produzidos pelo câncer e seu tratamento. Metodologicamente, esta análise combina narrativa oral, antropologia e ilustração científica criativa, ou seja, pintura e desenho etnográfico potenciados pelo uso da metáfora e da imaginação. Este exercício híbrido e colaborativo implicou uma mistura nivelada de fala, texto e imagem, partindo das palavras da mulher entrevistada. Conceptualmente, estas práticas visuais criativas são entendidas como recursos ontológicos, epistemológicos e performativos, ampliando a forma como a ciência social pode produzir conhecimento e ação em questões de saúde e doença. Lua aceitou contar a sua história preservando a sua identidade sob um pseudónimo, não encontrando abertura social para relatos sobre úteros cancerosos e sessões de braquiterapia vaginal. Respondendo ao seu desconforto, esta análise ilustrada também pretende desmantelar estereótipos enraizados na forma como vemos e entendemos as mulheres, as doenças ginecológicas e os órgãos sexuais, trazendo para a discussão um tipo de câncer que, apesar de frequente, permanece ausente da discussão pública e da imagética coletiva, sendo igualmente descurado pela ciência social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Susana de Noronha, Universidade de Coimbra (UC)

Susana de Noronha is an anthropologist, Ph.D. in sociology (summa cum laude), and a researcher at the Centre for Social Studies, University of Coimbra, Portugal.

Downloads

Publicado

06/12/2019

Como Citar

Noronha, S. de. (2019). Radiante: compreender o câncer do endométrio, a braquiterapia vaginal e a maternidade através de palavras e imagens. Revista Ñanduty, 7(11), 104–134. https://doi.org/10.30612/nty.v7i11.10768