Should I stay or should I go: uma análise comparada dos movimentos separatistas catalão e escocês

Ian Rebouças Batista, Camilla Gonçalves de Amorim, Matheus Leite do Nascimento

Resumo


Quais as diferenças entre o separatismo catalão e o escocês que permitiram resultados distintos nos plebiscitos da década de 2010? O presente trabalho propõe um estudo comparado entre a trajetória das duas regiões utilizando o conceito de path dependency. O nosso argumento é o de que o padrão de relacionamento da Espanha com a Catalunha desde a anexação, centralizador e repressivo aos anseios nacionalistas catalãs, é uma constante ao longo da história, por se tratar da opção que acarreta menos custos para a Espanha. A trajetória do relacionamento da Escócia com o Reino Unido, por sua vez, é marcada por concessões de autonomia a partir da demanda escocesa, desde a anexação no século XVIII. Essas distinções permitiram que os contextos dos plebiscitos fossem diferentes, ainda que sustentado por argumentos separatistas semelhantes (identidade, economia), e que os próprios movimentos tenham se enraizado na sociedade de maneira distintas. A partir das limitações da metodologia empregada, o objetivo do trabalho não é o estabelecimento de uma relação causal, mas a sustentação do nosso argumento enquanto uma hipótese à pergunta levantada

Palavras-chave


Separatismo; Catalunha; Escócia

Texto completo:

PDF

Referências


ABRÃO, Janete Silveira. Nacionalismo Cultural y Político: La doble cara de un proyecto único: Cataluña. Tese de Doutorado em História Contemporânea, Universidade de Barcelona, 2007.

ANCKAR, Carsten. On the Applicability of the Most Similar Systems Design and the Most Different Systems Design in Comparative Research. International Journal of Social Research Methodology, v. 11, n. 5., p. 389-401, 2008.

BBC. Por que a Escócia rejeitou a independência?. BBC BRASIL, 2014. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/09/140919_escocia_nao_porque_dg. Acesso em: 18/10/2019.

BBC. Referendo na Catalunha: a região já foi independente alguma vez na história?. BBC Brasil, 2017. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-41469812. Acesso em 12/02/20.

BBC. Spain Catalan crisis: Six things you need to know. BBC, 2017. Disponível em: https://www.bbc.com/news/world-europe-41550652. Acesso em 28/07/20.

BIEIRI, M. Separatism in the EU. CSS Analysis in Security Policy, n. 160, 2014.

BOBBIO, Norberto. Estado Governo e Sociedade: Para uma Teoria Geral da Política. São Paulo: Paz e Terra, 2007.

CAMPBELL, J.; MCSORLEY, L. EU Regional Policy After 2006: will Scotland notice the difference?. European Planing Studies, v. 16, n.6, p. 877-890, 2008.

CARVALHO, Luíz Fernando. O recrudescimento do nacionalismo

catalão: Estudo de caso sobre o lugar da nação no século XXI. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2016.

CHAGAS, Rodolfo Pereira. Catalunha: Um Estado sem Nação. São Paulo: Editora Letra, 2014.

CHAGAS, Rodolfo Pereira. Movimentos nacionalistas na Europa pós-guerra fria: os casos de Flandres, Escócia e Catalunha. Tese de Doutorado em Geografia, Universidade de São Paulo, 2017.

CONNOLLY, C. K. Independence in Europe: Secession, Sovereingty, and the European Union. Duke Journal of Comparative Law and International Law, v.24, p.51-106, 2013.

CUNNINGHAM, S. Causal Inference: The Mixtape (V. 1.7). Tufte-Latex. GoogleCode. Com, 2018.

DEURSEN, Felipe van. A guerra que motivou o desejo de independência da Catalunha. Super Interessante, 2017. Disponível em: https://super.abril.com.br/blog/contaoutra/a-guerra-que-motivou-o-desejo-de-independencia-da-catalunha/. Acesso em: 12/10/2019.

EL PAÍS. Catalunha elege outro presidente independentista e prolonga queda de braço. El País, 2018. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/05/14/internacional/1526297919_568370.html. Acesso em: 10/10/2019.

EL PAÍS. Por que o Governo da Catalunha quer ser independente da Espanha?. El País, 2017. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2017/09/15/internacional/1505488932_556803.html. Acesso em: 10/10/2019.

ENCYCLOPEDIA BRITANNICA. Convergence and Union. Encyclopedia Britannica, 2015. Disponível em: https://www.britannica.com/topic/Convergence-and-Union. Acesso em 28 de julho de 2020.

GENERALITAT DE CATALUNYA. Eleccions al Parlament de Catalunya 2017. Generalitat de Catalunya, 2017. Disponível em: http://gencat.cat/economia/resultats-parlament2017/09AU/DAU09999CM.htm?lang=es. Acesso em 28 de julho de 2020.

GOVERNO DA ESCÓCIA. Scotland in European Union. 2013. Disponível em: http://www.gov.scot/Resource/0043/00439166.pdf. Acesso em 2 de maio de 2016.

GOVERNO DA ESCÓCIA. Scotland’s Future: Your guide to an independent Scotland. 2010. Disponível em: https://scotgov.publishingthefuture.info/publication/scotlands-future. Acesso em: 20/10/2019.

GOVERNO DO REINO UNIDO. Scotland Analysis: EU and international issues. 2013. Disponível em: https://www.gov.uk/government/uploads/system/uploads/attachment_data/file/271794/2901475_HMG_Scotland_EUandInternational_acc2.pdf. Acesso em 2 de maio de 2016.

GRIFFITHS, R. D.; ALVAREZ, P. G.; COMA, F. M. I. Between the sword and the Wall: Spain’s limited options for Catalan secessionism. Nations and Nationalism, v.1, n.21, p.43-61, 2015.

GUIMARÃES, Samuel Pinheiro. Nação, nacionalismo, Estado. Estudos Avançados, v. 22, n. 62, p.145-159, 2008.

HALL, Peter A., TAYLOR, Rosemary A. C. As três versões do neo-institucionalismo. Lua Nova, n. 58, p. 193-223, 2003.

HOBSBAWM, Eric John. Nações e nacionalismos desde 1780. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

JERVE, E. Explaining Scottish and Catalan Secessionist Mobilization in the Framework of the EU: A Comparative Case Study of Minority Nationalist Mobilization in Scotland, Catalonia, Wales and the Basque Country. Tese de Mestrado em Política Comparada, Universidade de Bergen, 2015.

JUNCO, José Álvarez. Dioses útiles: naciones y nacionalismos. Barcelona: Galáxia, 2016.

KING, Gary, KEOHANE, Robert, VERBA, Sidney. Designing Social Inquiry. Scientific Inference in Qualitative Research. Princeton: Princeton Uni. Press, 1994

LIJPHART, Arend. Comparative Politics and the Comparative Method. American Political Science Review, v. 65, n.3, p. 682-693, 1971.

MAERTENS, M. European Integration and Sub-State Nationalism: Flanders, Scotland, and the EU. Tese de Mestrado em Artes, Universidade de McGill, 1997.

MAHONEY, James. After KKV: The New Methodology of Qualitative Research. World Politics, v. 62, n.1, pp.120-147, 2010.

MECKSTROTH, Theodore W. “Most Different Systems” and “Most Similar Systems”. A study in the Logic of Comparative Inquiry. Comparative Political Studies, v. 8, n.2, p. 132-157, 1975.

NORTH, Douglas C. Instituições, Mudança Institucional e Desempenho Econômico. São Paulo: Três Estrelas, 2018.

O GLOBO, Governo catalão perde espaço no Parlamento. O GLOBO, 2012. Disponível em: https://oglobo.globo.com/mundo/governo-catalao-perde-espaco-no-parlamento-6825969. Acesso em: 20/08/2019.

O GLOBO. A Catalunha quer sair da Espanha mas não da UE. O GLOBO, 2016. Disponível em: https://oglobo.globo.com/mundo/catalunha-quer-deixar-espanha-mas-nao-sair-da-ue-17622387. Acesso em: 10/10/2019.

PASQUARELLI, Bruno V. L. Política Comparada: Tradições, Métodos e Estudos de Caso. Revista de Discentes de Ciência Política da UFSCAR, v.2, n. 2, p. 10-38, 2014.

PRZEWORSKI, Adam, TEUNE, H. The Logic of Comparative Social Inquiry. Nova Iorque: John Wiley, 1970.

SARTORI, Giovanni. Comparing and Miscomparing. Journal of Theoretical, v. 3, n.3, p. 243-527, 1991.

SEIXAS, Xosé Núñez. Movimentos nacionalistas en Europa en el siglo XX. Madrid: Sínteses, 2004.

SOUZA, Marcus Seixas. Reino Unido: nova forma de Estado?. Revista Jus Navigandi, a. 13, n. 1978, 2008. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/12033. Acesso em: 18/10/2019.

SRMAVA, T. A Problem of European Identity? Separatist Movements in the EU. Democratic Union. Disponível em: http://www.democraticunion.eu/2014/03/problem-european-identity-separatist-movements-eu/. Acesso em 2 de maio de 2016.

VILLELA, Gustavo. Escócia fez três plebiscitos para decidir a sua relação com o Reino Unido. Acervo o Globo, 2014. Disponível em: https://acervo.oglobo.globo.com/fatos-historicos/escocia-fez-tres-plebiscitos-para-decidir-sua-relacao-com-reino-unido-13991078#ixzz65aRd9Ywistest. Acesso em: 20/09/2019.




DOI: https://doi.org/10.30612/rmufgd.v9i18.11032

Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD - ISSN 2316-8323 - Dourados - MS, Brasil.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.