Crítica ao conceito de subimperialismo: a dimensão sul-americana da política externa brasileira e as limitações das análises dependentistas

Tiago Soares Nogara

Resumo


O artigo a visa analisar o conceito de subimperialismo, inerente à Teoria Marxista da Dependência (TMD),verificando sua formulação, aplicação e validade para caracterizar a dimensão sul-americana da política externa brasileira ao longo dos governos Lula (2003-2010). A hipótese do trabalho é de que o conceito apresenta limitações para definir a inserção internacional brasileira, reproduzindo visões que contraditoriamente afirma desafiar. Na primeira seção, será apresentado um resgate teórico da formulação do conceito de subimperialismo. Em seguida, serão expostas as principais críticas à política externa brasileira embasadas no conceito de subimperialismo. Por fim, essas críticas serão contrapostas às proposições da política externa brasileira com relação às temáticas da integração regional e das relações bilaterais com países sul-americanos.


Palavras-chave


Subimperialismo brasileiro. Teoria marxista da dependência. Integração sul-americana.

Texto completo:

PDF

Referências


BANDEIRA, Luiz Alberto Moniz. Fórmula para o caos: a derrubada de Salvador Allende (1970-1973). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

BERRINGER, Tatiana. A burguesia interna brasileira e a integração regional da América do Sul (1991-2016). Oikos 16 (1): 15-29, 2017.

BERRINGER, Tatiana. A tese do subimperialismo em questão. Crítica Marxista 36: 115-127, 2013.

BORÓN, Atílio. América Latina en la geopolítica del imperialismo. Buenos Aires: Ediciones Luxemburg, 2013.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. As três interpretações da dependência. Perspectivas 38: 17-48, 2010.

CAMPOS, Roberto. O século esquisito. Rio de Janeiro: Topbooks, 1990.

CARCANHOLO, Marcelo Dias. O atual resgate crítico da teoria marxista da dependência. Trabalho, Educação e Saúde 11 (1): 191-205, 2013.

CARCANHOLO, Marcelo Dias; SALUDJIAN, Alexis. Integración latinoamericana, dependencia de China y sub-imperialismo brasileño en América Latina. Mundo Siglo XXI 29 (8): 43-62, 2013.

COSTA, Darc. Fundamentos para o estudo da estratégia nacional. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.

COUTO, Leandro. Relações Brasil-América do Sul: a construção inacabada de parceria com o entorno estratégico. Em: LESSA, Antônio Carlos; ALTEMANI, Henrique (Org.). Parcerias estratégicas do Brasil: os significados e as experiências tradicionais. Belo Horizonte: Fino Traço, 2013.

DOS SANTOS, Theotônio. A teoria da dependência: um balanço histórico e teórico. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.

DOS SANTOS, Theotônio. Subdesarrollo y dependencia. Em: Lowy, Michael. El marxismo en América Latina. Santiago: LOM Ediciones, 2007.

FERNANDES, Luís. A revolução bipolar: a gênese e derrocada do socialismo soviético. São Paulo: Anita Garibaldi, 2017.

FERNANDES, Luís. O enigma do socialismo real: um balanço crítico das principais teorias marxistas e ocidentais. Rio de Janeiro: Mauad, 2000.

FONSECA, Pedro Cezar Dutra. Desenvolvimentismo: a construção do conceito. IPEA - Texto para discussão 2103: 1-67, 2015.

FONTES, Virgínia. A incorporação subalterna brasileira ao capital-imperialismo. Crítica Marxista 36: 103-113, 2013.

GUDYNAS, Eduardo. O novo extrativismo progressista na América do Sul: teses sobre um velho problema sob novas expressões. In: LÉNA, Philippe; DO NASCIMENTO, Elimar Pinheiro (orgs.). Enfrentando os limites do crescimento: sustentabilidade, decrescimento e prosperidade. Rio de Janeiro: Garamond, 2012.

HAGE, José Alexandre Altahyde. A teoria da dependência: uma contribuição aos estudos de relações internacionais. Revista Política Hoje 22 (1): 106-136, 2013.

HALLIDAY, Fred. Revolution and world politics: the rise and fall of the sixth great power. Londres: MacMillan Press, 1999.

LENIN, Vladimir Ilitch. O imperialismo: etapa superior do capitalismo. Campinas: Navegando, 2011.

LÓPEZ, Fernando Carnebia; LIMA, Rafael Teixeira de. Ruy Mauro Marini y el subimperialismo brasileño en Bolivia y Paraguay en el siglo XXI. Cadernos Cemarx 9: 69-88, 2016.

LOSURDO, Domenico. Fuga da história? A revolução russa e a revolução chinesa vistas de hoje. Rio de Janeiro: Revan, 2009.

LUCE, Mathias Seibel. A teoria do subimperialismo em Ruy Mauro Marini: contradições do capitalismo dependente e a questão do padrão de reprodução do capital. Tese de doutorado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2011.

LUCE, Mathias Seibel. O subimperialismo, etapa superior do capitalismo dependente. Tensões Mundiais 10 (18): 46-65, 2014.

MARINI, Ruy Mauro. A dialética da dependência. Germinal: marxismo e educação em debate 9 (3): 325-356, 2017.

MARINI, Ruy Mauro. El subimperialismo brasileño. Centro de Estudios Socio-Económicos (CESO): 1-11, 1971.

MARINI, Ruy Mauro. Eje militar Brasil-Argentina y subimperialismo. Arauco 71: 19-25, 1965.

MARINI, Ruy Mauro. Subdesarrollo y revolución. Buenos Aires: Siglo XXI Editores,

NOGARA, Tiago Soares. Domenico Losurdo e as revoluções marxistas. Revista de Ciências Sociais Unisinos 55 (1): p. 124-125, 2019.

NOGARA, Tiago Soares. Teoria da Dependência: leninismo às avessas e perpetuação do subdesenvolvimento. 2019. Disponível em: https://portaldisparada.com.br/economia-e-subdesenvolvimento/teoria-da-dependencia/amp/. Acesso em: 11 de maio de 2020.

OLIVEIRA, Henrique Altemani de. Brasil e China: cooperação sul-sul e parceria estratégica. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.

PAUTASSO, Diego. China e Brasil na África Subsaariana e a retomada da questão nacional. Tensões Mundiais 9 (17): 61-82, 2013.

PAUTASSO, Diego. Desenvolvimento e poder global da China: a política Made in China 2025. Austral: Revista Brasileira de Estratégia e Relações Internacionais, v. 8, n. 16, p. 183-198, 2019.

PAUTASSO, Diego; NOGARA, Tiago Soares; COLÓRIO, Augusto Gabriel; WOBETO, Victor Leão. O cerco multidimensional à Teerã e a aproximação sino-iraniana. Tensões Mundiais, v. 15, n. 29, p. 165-182, 2019.

PUIGGRÓS, Rodolfo. Historia crítica de los partidos políticos argentinos II: las izquierdas y el problema nacional. Buenos Aires: Hyspamérica Ediciones Argentinas, 1986.

RICUPERO, Rubens. A diplomacia na construção do Brasil, 1750-2016. Rio de Janeiro: Versal Editores, 2017.

SANTOS, Leandro. BNDES: internacionalização de empresas e o subimperialismo brasileiro. Geousp - Espaço e Tempo (Online) 22 (1): 115-137, 2018.

VISENTINI, Paulo Fagundes. As relações diplomáticas da Ásia: articulações regionais e afirmação mundial (uma perspectiva brasileira). Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.

VISENTINI, Paulo Fagundes. O caótico século XXI. Rio de Janeiro: Alta Books, 2015.

ZIBECHI, Raúl. Brasil potencia: entre la integración regional y un nuevo imperialismo. Lima: Programa Democracia y Transformación Global, 2013.




DOI: https://doi.org/10.30612/rmufgd.v9i17.10229

Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD - ISSN 2316-8323 - Dourados - MS, Brasil.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.