Crítica literária e mediação cultural: Nestor Vítor e o seu papel na divulgação da obra de Cruz e Sousa

José Fábio Silva

Resumo


O artigo aborda o papel exercido pela crítica literária na propagação e canonização da obra do poeta João da Cruz e Sousa na virada do século XIX para o século XX. Para tanto, partiremos da trajetória intelectual do crítico literário Nestor Vítor e de sua atuação junto ao grupo de escritores simbolistas brasileiros. Abordaremos não só seu trabalho como crítico literário, mas também a ação como intelectual mediador, atuante na publicação e na disseminação da obra de Cruz e Sousa. Intelectual é aqui compreendido como o sujeito responsável tanto pela produção como pela disseminação de ideias, visando ou não uma intervenção política ou social.

Palavras-chave


História Intelectual. Crítica literária. Simbolismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/rehr.v11i21.7332

Direitos autorais 2018 Revista Eletrônica História em Reflexão



Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.