Plano de negócio para a produção de húmus em sistema big bags

Allison Marques Soares, Ariély Leite Canassa, Joyce Castro Xavier, Priscila Elise Alves Vasconcelos, Carla Eloize Carducci

Resumo


Com a implantação da PNRS - Lei 12.305/10, ampliou-se a busca por soluções sustentáveis para a gestão dos resíduos sólidos orgânicos, uma das alternativas viáveis ambiental e economicamente é a vermicompostagem. Nosso objetivo foi analisar um plano de negócios para a implantação de um modelo de produção de vermicomposto em sistema de Big bags, originado de resíduos vegetais e animais. Utilizou-se Big bags com capacidade de 1.000 kg (bolsas de fertilizantes reutilizados). Para a produção do húmus misturouse: folhas secas (6,25%), esterco curado (72,13%), água (15,62%) e minhocas (Eisenia Foetida, 6%) provenientes da propriedade. Estes materiais foram acondicionados na Big bag, todo o processo de transformação em húmus ocorreu em 73 dias, com produção final de 320 kg de húmus/0,542 m³ com umidade de 47%. O sistema foi composto por três Big bags que corresponderam a um módulo de produção, e para essa avaliação utilizou-se dois módulos, obtendo-se assim, a produção final escalonada de 320 kg/mês. Através de indicadores financeiros (ROI, TIR, VPL e Payback) foi possível obter a lucratividade de 60,68% que equivaleu à R$ 667,44/mês, verificou-se que o retorno do investimento inicial se conclui ao terceiro mês neste modelo de negócio, além do pró-labore de R$261,25/mês equivalente a ¼ de um salário mínimo (R$1.045,00). Verificouse que a produção de húmus em Big bags + vermicompostagem, é viável ao produtor rural, por ser uma nova alternativa de renda e auxiliar na redução dos impactos ambientais causados pelo descarte incorreto dos resíduos orgânicos gerados em propriedades rurais.

Palavras-chave


Adubo orgânico. Reaproveitamento de resíduos orgânicos. Sustentabilidade. Bioeconomia.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, MMA. Compostagem doméstica, comunitária e institucional de resíduos orgânicos: manual de orientação/Ministério do Meio Ambiente, Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo, Serviço Social do Comércio. -- Brasília, DF, P.9-63. MMA, 2017.

BASSACO, A. C.; ANTONIOLLI, Z. I.; BRUM JÚNIOR, B. de S.; ECKHARDt, D. P.; MONTAGNER, D. F.; BASSACO, G. P. Caracterização química de resíduos de origem animal e comportamento de Eisenia andrei. Ciência e Natura, v.37, p.45-51, 2015.

BLOUIN, M; BARRERE, J; MEYER, N; LARTIGUE, S; BAROT, S; MATHIEU, J. Vermicompost significantly affects plant growth. A meta-analysis. Agronomy for Sustainable Development, v. 39, p: 34. 2019.

BRASIL (2010) Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos

Sólidos, altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, nº 147, p.3, 03 de ago. 2010.

BRITO, F. S.; MILLER, P. R. M.; STADNIK, M. Presença de Trichoderma spp em composto e suas características para o controle de fitopatógenos. Revista Brasileira de Agroecologia, v.5, n.1, p:43-53, 2010.

BULEGON, L. G.; CASTAGNARA, D. D.; ZOZ, T.; OLIVEIRA, P. S. R.; SOUZA, F. H. Análise econômica na cultura do milho utilizando adubação orgânica em substituição à mineral. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde. v.16, n. 2, p:81-91, 2012

CONTEFLEX. O que são Big Bags? Conheça as vantagens das embalagens flexíveis!. 2018. Disponível em:http://blog.conteflex.com.br/o-que-sao-bigbagss-conheca-as-vantagens-das-embalagens-flexiveis/ Acesso em: 20/01/2020.

CONTI, S.; VILLARI, G.; FAUGNO, S.; MELCHIONNA J.; SOMMA, S.; CARUSO, G. Effects of organic vs. conventional farming system on yield and quality of strawberry grown as an annual or biennial crop in southern Italy. Scientia Horticulturae, v.180, p: 63-71, 2014.

DAL BOSCO, T. C.; GONÇALVES, F.; ANDRADE, F. C. de; TAIATELE JUNIOR, I.; SILVA, J. dos S.; SBIZZARO, M.; "Contextualização teórica: compostagem e vermicompostagem", p. 19 -44. In: Compostagem e vermicompostagem de resíduos sólidos: resultados de pesquisas acadêmicas. São Paulo: Blucher, 2017.

GLIESSMAN, S. R. Agroecologia: Processos ecológicos em agricultura sustentável. Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2000. 653p.

MEDEIROS, P. R. F. de; DUARTE, S. N.; DIAS, C. T. S. Tolerância da cultura do pepino a salinidade em ambiente protegido. Revista Brasileira Engenharia Agrícola Ambiental, v. 13, n. 4, p. 406-410, 2009.

LOSS, A.; BASSO, A.; OLIVEIRA, B. S.; KOUCHER, L. P.; OLIVEIRA, R. A.; KURTZ, C.; LOVATO, P. E.; CURMI, P.; BRUNETTO, G.; COMIN, J. J. Carbono orgânico total e agregação do Solo Em sistema de plantio direto agroecológico e convencional de cebola. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.39, p:1212-1224, 2015.

LOSS, A.; PEREIRA, M.G.; SCHULTZ, N.; ANJOS, L. H. C.; SILVA, E. M. R. Atributos químicos e físicos de um Argissolo Vermelho-Amarelo em sistema integrado de produção agroecológica. Pesquisa agropecuária Brasileira, v.44, n.1, p.68-75, 2009.

SANTOS, D. G. dos; DINIZ, B. L. M. T.; DINIZ NETO, M. A.; SILVA, J. H. C. S.; OLIVEIRA FILHO, W. N. de; FERREIRA FILHO, R. M. Growth and chlorophyll in noni seedlings irrigated with saline water in substrate with vermicompost. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.23, n. 8, p.586-590, 2019.

SCHIEDECK, G.; GONÇALVES, M. de M.; SCHWENGBER, J. E. Minhocultura e produção de húmus para a agricultura familiar. Embrapa Clima Temperado-Circular Técnica (INFOTECA-E), 2006.

SMYTH, A.J.; DUMANSKI, J. A framework for evaluating sustainable land management. Canadian Journal of Soil Science, v.75, p: 401-406, 1995.

SOARES, A. M. Produção de húmus em sistema big bags: proposição de um modelo de negócio para o produtor rural. Trabalho de conclusão de curso. 25f. Técnico em Agronegócio, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR da Regional de Mato Grosso do Sul. 2019.




DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v13i50.12043

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

Revista Agrarian 
e-ISSN 1984-2538

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.