A globalização e seus efeitos nas relações de poder: questões acerca da migração e suas formas de exploração

Vanessa Alexsandra de Melo Pedroso, Luísa Vanessa Carneiro da Costa

Resumo


O presente trabalho pretende estudar questões sobre o fluxo migratório em razão dos efeitos da globalização, de modo a pensar que o poder econômico é um fator agravante frente ao tráfico de seres humanos e a exploração da migração. Dessa forma, os principais autores que deram aporte teórico para esta pesquisa foram: Therborn (2001), Vieira (1999), Garachana (2008) e Sassen (2008). Tratando-se de uma pesquisa bibliográfica, e exploratória, de abordagem qualitativa. Podemos perceber o fluxo migratório como resultado de uma série de fatores, a propósito: os acontecimentos políticos, econômicos e sociais colaboram para a instabilidade da migração, como reflexo, a marginalização decorrente das implicações da globalização instauradas no campo da violência, neste caso, a violência de gênero, ao pensar a mulher migrante, na esfera trabalhista, quanto à precarização do trabalho, o impacto sobre os trabalhadores migrantes e o papel da imigração, dentre outras formas de exploração deste campo que atinge várias pessoas e Estados do mundo.

Palavras-chave


Globalização. Migração. Economia. Tráfico de seres humanos.

Texto completo:

PDF

Referências


BECUCCI, Stefano; MASSARI, Monica. Globalizzacione e criminalitá. Ed. Laterza. Roma, 2003.

CAMPILONGO, Celso Fernandes. Teoria do direito e globalização econômica. In: VIEIRA, Oscar Vilhena; SUNDFELD, Carlos Ari. Direito Global. São Paulo: Editora Max Limonad, 1999. cap. 3.

CASTELLS, Manuel. La era de la información, economia, sociedade y cultura. La sociedade red. vol. 1. Alianza editorial. Madrid, 1996.

DEZAN, M. D. de S. Impactos da Imigração Japonesa Sobre a Diversidade Cultural na Organização do Espaço Geográfico Piracicabano-SP. Rio ClaroSP: Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2007.

GARACHANA, María Josefa Lopéz. Retos que enfrentam las mujeres solas em el siglo XXI, em La Igualdade no es uma Utopía. Nuevas Fronteras: Avances y Desafios. Anales del 10º Congresso Internacional e Interdisciplinar Mundos de Mujeres. Thomson. Madrid, 2008.

HERNANDÉZ, Juan Ramón Capella. Fruta prohibida: Una aproximación histórico – teorética al esadio del derecho y del estado. Trotta: Madrid, 1997.

MARINUCCI, Roberto. Criminalização das migrações e dos migrantes. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-85852015000200007. Acesso em: 23 out. 2017.

MARTINI, George. A globalização inacabada migrações internacionais e pobreza no século 21. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392005000300001. Acesso em: 19 out. 2017.

MEZA, Raúl Bernal. La globalizacón: ¿ um processo y una ideologia? In. Realidad Económica. IADE. nº 39. Buenos Aires, abril/maio de 1996.

PRIETO, José Ignacio Antón. “Inmigración y Delito: En el imaginario colectivo. Alternativas a una relación perversa”, In. ÁLVAREZ, Fernando Pérez. Serta in memoriam Alexandri Baratta. Ediciones Universidad Salamanca. Salamanca, 2004.

PEDROSO. Vanessa Alexandra de Melo. La Nueva Esclavitud: El comercio de seres humanos versus el cruce ilegal de fronteras em la legislación española. 2010, 448 f. (Tese) Doutorado em Direito Penal, Departamento de Derecho Penal, Universidad Complutense de Madrid, Faculdad de Derecho, Madrid, 2010.

RATTER, Henrique. Globalização: em direção a um mundo só?. Disponível em: https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=3&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwibl8ep2_jWAhVL6oMKHXeqDo8QFgg8MAI&url=http%3A%2F%2Fwww.scielo.br%2Fscielo.php%3Fscript%3Dsci_arttext%26pid%3DS0103-40141995000300005&usg=AOvVaw1FBENd1HNdGfpz9JYcpr5L. Acesso em: 18 out. 2017.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. Gênero, patriarcado, violência. São Paulo: Editora Fundação Perseu. Abramo, 2004.

SANTOS, Boaventura de Souza. As tensões da modernidade. Página electrónica: http://www.dhnet.org.br/direitos/militantes/boaventura/ boaventura4.html. Acesso em: 11 fev. 2018.

SASSEN, Saskia. Inmigrantes em la Ciudad Global. Disponível em: http://www.nodo50.org/tortuga/article.php3?id_article=4093. Acesso em: 19 jul. 2008.

______.Saskia. Women’s burden: Counter-geographies of globalization and the feminization of survival. Journal of internacional affairs. Spring. 2000.

THERBORN, Goran. Globalização e desigualdade: questões de conceituação e esclarecimento. Sociologias, Porto Alegre, v. 3, nº 6, p. 122-169, jul/dez 2001.

VIEIRA, Oscar Vilhena. Realinhamento Constitucional. In: VIEIRA, Oscar Vilhena; SUNDFELD, Carlos Ari. Direito Global. São Paulo: Editora Max Limonad, 1999. cap. 1.

VISO, Montserrat Pérez. Marco normativo de la inmigración en el Estado español, In. CANLE, Inés C. Iglesias (Dir.). Inmigración y Derecho. Tirant lo Blanch n. 432. Valencia, 2006.

WALZER, Michael. Tratado sobre la tolerância. Paidós Iberica. Barcelona, 1998.




DOI: https://doi.org/10.30612/videre.v10i20.8573

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

 
 
 
Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.