Lições de método: a Sociologia de Bourdieu em “A Reprodução”

Alcio Crisóstomo Magalhães

Resumo


Esse artigo se propõe a retomar algumas reflexões epistemológicas do sociólogo Pierre Bourdieu esboçadas na obra A Reprodução. Pela mediação de alguns estudiosos que vêm se dedicando à tarefa de desvendar a complexidade do pensamento em questão e pelo enfrentamento de algumas obras posteriores, nas quais o próprio autor evidencia seu esforço de elaboração de um método de pesquisa, pretende-se fazer uma espécie de sociologia da sociologia que Bourdieu concebe, visando revelar os mecanismos de dominação.  Nesse sentido, volta-se a um dos mais polêmicos objetos do autor, o sistema de ensino francês, para tentar descobrir se temos naquele enfrentamento teórico metodológico elementos suficientes que nos permitam identificar, já ali, uma espécie de ensaio daquilo que viria a ser uma lente de observação da realidade, ou seja, um aparato empírico de desnaturalização do mundo social. Portanto, trata-se do esforço de buscar em uma pesquisa do próprio Bourdieu elementos para uma melhor compreensão da totalidade do instrumento de investigação (método) por ele sistematizado no chamado método da teoria da prática

Texto completo:

PDF


ISSN Eletrônico: 2358-9205

 

Indexação:

  

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.