Direitos Humanos em chave dialógica: um encontro com a educação e o diálogo intercultural

Virginia Santiago dos Santos Góes

Resumo


O presente trabalho tem como tema central a educação em direitos humanos, objetivando debater a partir de uma perspectiva crítica, compreendendo que o mundo, em sua complexidade, é permeado por relações de poder interconectadas às microlocalidades. Visa-se, com isso, identificar possibilidades de construção dos direitos humanos no diálogo intercultural. Justifica-se a proposta apresentada pela necessidade de debate coletivo sobre os direitos humanos, tanto em seu aspecto teórico-conceitual como sua concretização na vida social. Neste sentido, a educação é identificada como locus importante para análise dos direitos humanos.

Palavras-chave


educação em direitos humanos. diálogo intercultural. geopolítica do conhecimento.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVICH, Víctor; CURTIS, Christian. Los derechos sociales en el debate democrático. Cuadernos electrónicos de filosofía del derecho, n. 4, p. 37–72, 2001.

ACOSTA, Alberto. El Buen Vivir como alternativa al desarrollo: algunas reflexiones económicas y no tan económicas. Política y Sociedad, v. 52, n. 2, p. 299–330, 2015.

BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

CAVALCANTI, Carlos André. História moderna dos direitos humanos: uma noção em construção. In: TOSI, Giuseppe. (org.). Direitos humanos: história, teoria e prática. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2005. p. 57–95.

DUSSEL, Enrique. Europa, modernidade e eurocentrismo. In: LANDER, Edgardo. (org.). A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005. p. 24–32.

FLORES, Joaquín Herrera. La reinvención de los derechos humanos. Andalucia: Atrapasuenos, 2008.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

GALTUNG, Johan. Sobre la paz. Barcelona: Fontamara, 1985.

INSTITUTO INTERAMERICANO DE DERECHOS HUMANOS. Informe interamericano de la educación en derechos humanos. San José: IIDH, 2011.

LOOMBA, Ania. Colonialism/postcolonialism. London; New York: Routledge, 1998.

MURILLO, Susana. Produção de pobreza e construção de subjetividade. In: CIMADAMORE, Alberto D.; CATTANI, Anronio David (org.). Produção de pobreza e desigualdade na América Latina. Porto Alegre: Tomo Editorial/ CLACSO, 2007. p. 39–78.

ONU, Assembleia Geral das Nações Unidas. Resolução no 59/113-A. Programa Mundial para Educação em Direitos Humanos. Disponível em: . Acesso em: 10 maio. 2017.

ONU, Assembleia Geral das Nações Unidas. Resolução no 59/113-B. Programa Mundial para Educação em Direitos Humanos. Disponível em: . Acesso em: 10 maio. 2017.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Por uma concepção multicultural dos direitos humanos. Revista Crítica de Ciências Sociais, n. 48, p. 11–32, 1997.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Introdução: para ampliar o cânone do reconhecimento, da diferença e da igualdade. In: Reconhecer para libertar: os caminhos do cosmopolitismo multicultural. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. p. 25–68.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social. São Paulo: Boitempo, 2007.

SEGATO, Rita Laura. Intoducción: políticas de la identidad, diferencia y formaciones nacionales de alteridad. In: ______. La Nación y sus otros: raza, etnicidad y diversidad religiosa en tiempos de políticas de la identidad. Buenos Aires: Prometeo Libros, 2007. p. 15–36.

SIMBAÑA, Floresmillo. El Sumak Kawsay como proyecto político. In: LANG, Miriam; MOKRANI, Dunia (orgs.). Más allá del desarrollo. Quito: Abya Ayala, 2011. p. 219–226.

TOSI, Giuseppe. História conceitual dos direitos humanos. In: TOSI, Giuseppe (org.). Direitos humanos: história, teoria e prática. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2005a. p. 128–163.

TOSI, Giuseppe. Direitos humanos: reflexões iniciais. In: TOSI, Giuseppe (org.). Direitos humanos: história, teoria e prática. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2005b. p. 21–55.

UNESCO; ACNUDH. Plano de ação. Programa mundial para educação em direitos humanos: primeira fase. Brasília: UNESCO/ Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, 2012.

UNESCO. National action plans for human rights education. Acesso em: 30 set 2018. Disponível em:

.

UNESCO. UNESCO survey on intercultural dialogue 2017: analysis of findings. Paris: UNESCO, 2018. Disponível em: .

WALSH, Catherine. Geopolíticas del conocimiento, interculturalidad y descolonialización. Disponível em: . Acesso em: 22 maio 2017.

YATIM, Leila; MASO, Tchella. Banco Mundial e geopolítica do conhecimento: a privatização do ensino superior. Revista Educação, Cultura e Sociedade, Sinop, v. 4, n. 1 (Ed. Esp.), p. 80–94, 2014.




DOI: https://doi.org/10.30612/rmufgd.v7i14.9106

Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD - ISSN 2316-8323 - Dourados - MS, Brasil.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.