Barra de cereal enriquecida com biomassa de Spirulina platensis

Iangla Araujo de Melo Damasceno, Pablo Kashisol Duarte de Lima, Gabriel Luis Castiglioni, Sara Monteiro, Hebert Batista, Adriana Régia Marques de Souza

Resumo


Spirulina platensis é uma microalga utilizada na alimentação, em função do seu elevado teor proteico. O objetivo do trabalho foi desenvolver uma barra de cereal enriquecida com S. platensis, com estabilidade microbiológica e características nutricionais e sensoriais satisfatórias. A barra de cereal foi enriquecida com 1, 3 e 6% de S. platensis. Foram realizadas análises químicas, microbiológicas, colorimétrica, sensorial e textura. A composição centesimal da barra mostrou que na concentração de 6% de S. platensis houve incremento no percentual de lipídios e proteínas. Análise microbiológica não apontou contaminação e a análise sensorial mostrou uma diminuição da aceitação global e da intenção de compra à medida que a concentração de S. platensis aumentou. Houve uma diminuição na luminosidade e na intensidade da cor, com o aumento da concentração de biomassa. Os dados obtidos para força máxima medida em Newton (N) indicam que para a amostra com 6% de S. platensis, o enriquecimento foi responsável pelo aumento da força máxima aplicada às amostras. Já a análise do Perfil de Textura (TPA) não apontou diferenças para os parâmetros avaliados. O enriquecimento da barra de cereal monstra um incremento proteico importante. A cor não foi bem aceita pelos provadores, mas o sabor não foi afetado Mudanças na formulação se fazem necessárias com a finalidade de melhorar a formulação do produto, pois o mesmo apresenta uma opção para a ingestão proteica. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v10i37.7026

Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.