Parâmetros hematológicos e bioquímicos do jundiá (Rhamdia voulezi) alimentados com rações orgânica e convencional

Flavia Renata Potrich Signor, Arcangelo Augusto Signor, Altevir Signor, Aldi Feiden, Wilson Rogério Boscolo

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar o estado de saúde de jundiás (Rhamdia voulezi) através da análise hematológica e bioquímica dos peixes submetidos à alimentação com rações orgânica e comercial, criados em tanques-rede. Foram utilizados 800 jundiás com peso médio de 147,25±20,88 g e 24,3±1,00 cm, respectivamente, distribuídos em um delineamento casualizado em dois tratamentos, sendo um alimentado com ração certificada orgânica e comercial. Para a determinação do estado de saúde, foi coletado 1 mL de sangue dos animais por punção caudal com seringas contendo EDTA, para análise dos parâmetros hematológicos de eritrócitos, hematócrito, hemoglobina, concentração de volume corpuscular médio e volume corpuscular médio e bioquímicos de proteína, glicose e colesterol dos peixes. Os resultados dos parâmetros hematológicos não apresentaram diferenças significativas (P>0,05) em função da alimentação com ração orgânica e comercial.  No entanto, os valores bioquímicos de proteína e glicose apresentam diferença significava (P<0,05) com maiores valores observados para os peixes alimentados com ração convencional. Conclui-se que o estado de saúde dos jundiás criados em tanques-rede, sofreu influência da alimentação com certificação orgânica e convencional para os parâmetros de proteína e glicose

Palavras-chave


alimentação; nutrição de peixes; produção animal; ração orgânica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v10i37.5323

Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.