Emissões de gases poluentes de um motor agrícola utilizando biocombustíveis

Javier Solis Estrada, José Fernando Schlosser, Marcelo Silveira Farias, Juan Paulo Barbieri, Iury Iago Port Rüdell, Juliane Damasceno

Resumo


Este trabalho teve como objetivo avaliar as emissões e a opacidade dos gases poluentes de um motor ciclo Diesel de um trator agrícola, utilizando óleo Diesel S500 (B5) e sua mistura com 6, 12 e 15% de etanol hidratado. As variáveis avaliadas foram: emissões de CO2 (g kWh-1), NOx (g kWh-1) e a opacidade (valor k) dos gases a cada 100 rpm, desde 1400 até 2100 rpm do motor. Foram também mensurados os valores de O2 (%) emitido pelo motor e a temperatura dos gases de escape (ºC). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, no desenho bifatorial 4x8, com três repetições. Os resultados indicam que, de forma geral, as misturas de etanol no óleo Diesel, diminuem as emissões de poluentes. A opacidade dos gases foi reduzida a medida que a adição de etanol no B5 foi incrementada, bem como devido ao aumento da rotação do motor. Já para os gases NOx e CO2, as reduções de seus níveis foram mais sensíveis as reduções da rotação do motor, ao incremento da porcentagem de etanol na mistura. Ainda, observou-se uma relação direta entre a opacidade dos gases e a quantidade de O2 emitido pelo motor, e entre os gases NOx e CO2 com a temperatura dos gases poluentes.

Palavras-chave


ciclo Diesel; etanol hidratado; gases poluentes; trator agrícola

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.