Avaliação da acurácia de um gps de dupla frequência para implantação de um ponto de apoio imediato (P2) ao georreferenciamento.

Eduardo Leonel Bottega, Fábio Velloso Vilela, Antonio Dias Robaina, Cristiano Márcio Alves de Souza, Leidy Zulys Leyva Rafull

Resumo


Este trabalho objetivou avaliar a acurácia de um receptor GPS de dupla frequência na aquisição de coordenadas para implantação de um ponto de apoio imediato (P2) ao georreferenciamento. Foi utilizado um receptor GPS de dupla freqüência (L1/L2), marca Ashtech, modelo Z-Xtreme. Para a determinação da acurácia, realizou-se o transporte de coordenadas geodésicas para o marco MS45 da rede GPS/MS através da triangulação com os pontos pertencentes à Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo – RBMC: Estação de Uberlândia (UBER) e Estação de Cuiabá (CUIB) com coordenadas no datum SIRGAS2000. Foram realizadas coletas em quatro distintos tempos (5, 7, 9 e 11 horas) e quatro repetições. Os dados coletados foram processados internamente no aparelho e pós-processados para correção diferencial utilizando software fornecido pelo fabricante. No pós-processamento, utilizou-se para os cálculos, arquivos no formato SP3. Foi considerada satisfatória e aceitável a exatidão obtida no tempo onde todas as repetições apresentaram erro inferior a 20 cm, assegurando assim a capacidade do aparelho em estabelecer pontos de apoio imediato (P2) realizando o transporte de coordenadas, pelo método da triangulação, entre pontos com distância acima de 700 km. Concluiu-se insuficiente a exatidão obtida pelo aparelho na obtenção de um ponto de apoio imediato ao georreferenciamento (P2) nas condições anteriormente citadas.

Palavras-chave


sistema de posicionamento global; transporte de coordenadas; triangulação

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.