Doses e épocas de aplicação foliar de N afetando a produtividade de grãos do feijoeiro comum

Adriano Stephan Nascente, Vitor Henrique Vaz Mondo, Augusto César Oliveira Gonzaga, Maria da Conceição Santana Carvalho, Mábio Crhisley Lacerda

Resumo


A aplicação foliar do nitrogênio na cultura do feijoeiro comum vem se tornando prática comum dentre os produtores rurais mais tecnificados. Entretanto essa aplicação nem sempre conduz a um diferencial de produtividade na cultura. Assim, o objetivo do trabalho foi de determinar o efeito de doses e épocas de aplicação de nitrogênio via foliar na produtividade de grãos de duas cultivares de feijoeiro comum. O experimento de campo foi conduzido na safra agrícola 2013 no município de Santo Antônio de Goiás em solo sob Cerrado no período de inverno (maio-agosto). O delineamento experimental foi em blocos ao acaso no esquema fatorial 5 x 4, com quatro repetições. Os tratamentos constaram da combinação de cinco doses de nitrogênio (0; 0,4; 0,8; 0,12 e 0,16 kg de ureia ha-1) aplicados via foliar com quatro estádios de desenvolvimento fenológico da cultura (R5, R6, R7 e R8). As cultivares estudadas forma BRS Ametista e BRS Notável. A aplicação de doses crescentes de nitrogênio aplicados via foliar não afetou os componentes de produção, produtividade e teor de nutrientes nos grãos das cultivares de feijoeiro comum BRS Ametista e BRS Notável. A época de aplicação do nitrogênio via foliar não proporcionou alterações significativas nos componentes de produção, produtividade e teor de nutrientes nos grãos do feijoeiro comum BRS Ametista e BRS Notável.

Palavras-chave


Phaseolus vulgaris, adubação foliar, Cerrado, sistema plantio direto.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v10i37.3025

Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.