Produtividade da soja em épocas de semeadura com e sem resíduos vegetais de canola

Marcia Holanda Nozaki, Inácio Cândido Tomazelli

Resumo


A alelopatia é um fenômeno natural entre plantas, causando interferência em plantas vizinhas. A canola é uma cultura conhecida por produzir tais efeitos alelopáticos, influenciando negativamente na germinação e desenvolvimento de plantas ao redor. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a influência da canola cultivar Hyola 61 como cultura antecessora a soja. O delineamento experimental foi em blocos inteiramente casualizados em quatro repetições, composto de diferentes épocas de semeadura da cultivar de soja Vmax RR, sendo: T1 – 29/10; T2 – 02/11; T3- 06/11; T4- 10/11; T5 - 14/11; T6- 18/11; T7- 22/11; T8- 26/11/2009 e T9-sem canola. Foram avaliados índices de germinação, número de plantas por área útil, número de vagens e números de grãos por planta e massa de mil grãos. Observou-se efeito alelopático dos restos culturais da canola sobre a soja, influenciando negativamente o seu rendimento. Os melhores intervalos para semeadura foram aos 10 a 20 dias após a colheita da canola.


Palavras-chave


Glycine max, Brassica napus, alelopatia, épocas de semeadura

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.