Qualidade da carcaça e da carne de bovinos superjovens de diferentes grupos genéticos

Fabiano Nunes Vaz, João Restle, Jorge Luiz Carvalho Flores, Paulo Santana Pacheco, Mozer Manetti de Ávila, Leonir Luiz Pascoal, Ricardo Zambarda Vaz, Marcos André Braz Vaz

Resumo


Este experimento teve como objetivo avaliar as características qualitativas da carcaça e da carne de 32 machos inteiros, pertencentes a diferentes grupos genéticos, sendo estes Hereford (H) e dois grupos mestiços H x Nelore (N) (3/4 H 1/4 N e 5/8 H 3/8 N) e 3/4 Charolês (C) 1/4 Nelore (3/4 C 1/4 N), confinados durante 188 dias a partir do desmame até o abate aos quatorze meses. Os animais 3/4 H 1/4 N apresentaram carcaça com conformação inferior, carne mais escura, porém mais macia do que os animais 3/4 C 1/4 N. O incremento da participação do genótipo Nelore no cruzamento com Hereford reduziu a conformação da carcaça, aumentou a quebra no descongelamento e afetou a palatabilidade da carne. Animais com o genótipo britânico 3/4 C 1/4 N apresentaram maior percentual de músculo, porém menor percentual de gordura do que os animais de genótipo 3/4 H 1/4 N ao abate aos quatroze meses de idade. Os animais Hereford puros apresentaram menor porcentagem de músculo e maior percentagem de gordura do que o grupo genético 3/4 H 1/4 N.


Palavras-chave


cruzamento, Hereford, maciez, Nelore, qualidade da carne

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.