Levantamento fitossociológico de plantas daninhas em pastagens no município de Nova Olímpia-MT

Miriam Hiroko Inoue, Daiane Iskierski, Kassio Ferreira Mendes, Ronei Ben, Paulo Alberto Conciani, Rafael Luiz Pereira, Rivanildo Dallacort

Resumo


O objetivo do trabalho foi identificar a comunidade infestante de plantas daninhas em áreas de pastagens no município de Nova Olímpia, MT. O levantamento foi realizado nos meses de fevereiro e março de 2012, em que foram analisadas 10 propriedades, tendo cada uma 10 parcelas de 25 m². Nas parcelas foram realizadas a contagem e identificação das espécies daninhas. Os dados foram analisados por meio de cálculo de densidade, frequência, abundância, densidade relativa, frequência relativa, abundância relativa, índice de valor de importância (IVI) e índice de similaridade. Foram encontradas 31 espécies de plantas daninhas distribuídas em 16 famílias botânicas, sendo, Asteraceae (4), Papilionoideae (4) Poaceae (4) e Malvaceae (3) as mais representativas em números de espécies. As espécies mais ocorrentes foram Sida carpinifolia (IVI = 38,50), Sida spp. (IVI = 36,26), Chenopodium ambrosiodies (IVI = 21,06) e Sida cordifolia (IVI = 19,71). Foi encontrada similaridade expressiva entre as propriedades sendo que as propriedades 6 e 8 se destacaram com índice de similaridade de 78,26%.


Palavras-chave


Comunidade infestante, índice de similaridade, índice de valor de importância

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.