Avaliação microbiológica em leite pasteurizado e cru refrigerado de produtores da região do Alto Pantanal Sul-Mato-Grossense

Dirce Ferreira Luz, Fabiana Aparecida Bicalho, Marcus Vinicius Moraes de Oliveira, Andre Rozemberg Peixoto Simões

Resumo


No período de inverno, em 2010, avaliou-se a qualidade microbiológica de amostras de Leite Pasteurizado Tipo C, oriundos de laticínios do estado de Mato Grosso do Sul, e amostras de leite cru refrigerado, dos municípios de Aquidauana e Anastácio, produzidos por produtores que recebem orientação técnica do Programa Rio De Leite e comercializam o produto de maneira formal em lacticínios e de amostras de leite cru produzido por produtores que não recebem assistência técnica e que vendem o leite de maneira informal (leite de rua). As amostras de leite foram coletadas em mercados, propriedades e residências, acondicionadas em recipientes isotérmicos e transportadas para o laboratório para execução das análises. As avaliações microbiológicas (contagem de células somáticas (CCS), contagem bacteriana total (CBT), coliformes totais e coliformes fecais.) indicaram que todos os leites pasteurizados tipo “C”e crus refrigerados que recebem assistência técnica, atendem os padrões exigidos pela legislação vigente (Instrução Normativa nº 51/2002). As amostras de leite cru oriundas de produtores que comercializam leite de maneira informal são microbiologicamente inadequadas para o consumo humano.


Palavras-chave


Coliformes, microrganismos, qualidade, pasteurização.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.