Prevalência do Balantidium coli nas fezes de suínos na fase de terminação em abatedouro

Renata Pâmela Barrachini Steffen, Kelly Daiane Soares, Lucas Pedroso Colvero, Rodrigo Garófallo Garcia, Luiz Antonio Sangioni

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a presença do protozoário Balantidium coli em suínos de terminação em um abatedouro da região central do estado do Rio Grande do Sul por meio de exame coproparasitológico, técnica de Faust – modificado. Foram coletadas 287 amostras sendo que destas, em 157 foi detectado pelo menos um cisto de B. coli, totalizando uma prevalência de 54,7%. Além disso, houve variações entre os diferentes lotes coletados de 25,22 a 93,65%. Essa alta prevalência encontrada ressalta a importância de estudos futuros com relação ao envolvimento da infecção deste protozoário na produção dos suínos assim como da relevância desta infecção do ponto de vista da saúde pública.


Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.