A prática de adoção de crianças indígenas no final do século XIX: o caso dos Apurinã

Rogério Sávio Link

Resumo


O presente artigo pretende abordar a prática generalizada de adoção de crianças indígenas no Médio Rio Purus no final do Século XIX. Para tanto, toma como objeto de análise o caso dos Apurinã. As fontes para discussão desse tema provêem dos arquivos de uma missão anglicana que teve lugar no Purus entre os anos de 1872 a 1883. Reconstruindo a experiência dessa missão, a análise aqui proposta pretende olhar para além dos interesses dos colonizadores e dos missionários envoltos na conjuntura de ocupação e exploração territorial para procurar nas fontes as motivações próprias dos indígenas que podem ajudar a elucidar a prática de adoção de crianças indígenas por particulares na Amazônia no final do século XIX.

Palavras-chave


História indígena. Apurinã. Amazônia. Adoção de criança. Alteridade.

Texto completo:

PDF

Referências


BOCCARA, Guillaume. Fronteras, mestizaje y etnogénesis en las Américas. In: MANDRINI, Raúl J.; PAZ, Carlos D. (Org.). Las fronteras hispanocriollas del mundo indígena latinoamericano el los siglos XVIII-XIX: Un estudio comparativo. Argentina: Tandil, 2003. p. 63-93.

BOCCARA, Guillaume. Génesis y estructura de los complejos fronterizos euro-indígenas. Repensando los márgenes americanos a partir (y más allá) de la obra de Nathan Wachtel. Memoria Americana, 13: 21-52, 2005.

CLOUGH, R. Stewart. The Amazons: Diary of a twelvemonth’s jorney on a mission of inquiry up the River Amazon for the South American Missionary Society. London: SAMS, 1873?.

LIVRO Atas 1869-1884. Arquivo da South American Missionary Society. Oxford.

MANDRINI, Raúl J. Hacer Historia indígena: El desafio a los historiadores. In: MANDRINI, Raúl J.; PAZ, Carlos D. (Org.). Las fronteras hispanocriollas del mundo indígena latinoamericano el los siglos XVIII-XIX: Un estudio comparativo. Argentina: Tandil, 2003. p. 15-32.

MONTEIRO, John. Tupis, Tapuias e Historiadores: Estudos de História Indígena e do Indigenismo. Tese Apresentada para o Concurso de Livre Docência. Campinas: Departamento de Antropologia Unicamp, agosto de 2001.

MONTEIRO, John. Armas e armadilhas: História e resistência dos Índios. In: NOVAIS, Adauto (Org.). A outra margem do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1999. p. 237-249.

POLAK, Jacob Evert Resyek. A Granma and a Vocabulary of the Ipurina language. Londres: Harrison and Sons, 1894.

SAID, Edward. Orientalismo: O Oriente como invenção do Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1990[1978].

SAID, Edward. Representar al colonizado. Los interlocutores de la antropología. In: GONZÁLEZ, Beatriz (Ed). Cultura y Tercer Mundo 1: Cambios en el saber académico. Caracas: Nueva Sociedad, 1996. p. 23-59.

SAMM (South American Missionary Magazine). Anos 1873-1890. Londres.

TODOROV, Tzvetan. A conquista da América: A questão do Outro. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

WILDE, Guillermo. Prestigio indígena y nobleza peninsular: la invención de linajes guaraníes en las misiones del Paraguay. Jahrbuch für Geschichte Lateinamerikas / Anuário de História da América Latina. Colônia: Böhnau, vol. 43. p. 119-145, 2006.




Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.