Currículo, material didático e avaliação: um estranho triângulo no ensino de História do estado de São Paulo

Vitória Azevedo da Fonseca

Resumo


A partir da comparação dos materiais oficiais que orientam a atuação dos professores de História na Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo (Currículo de São Paulo, São Paulo Faz Escola e na Matriz de Referência do SARESP), o texto apresenta análise do uso do termo “habilidades” e as propostas para sua aplicação prática indicando as suas inconsistências e impossibilidades. Apesar do discurso do “ensino por habilidades”, os materiais, na prática, orientam para um ensino conteudista, cronológico e eurocêntrico, ou seja, mantém e reafirma uma proposta de ensino tradicional de História.

Palavras-chave


Ensino de História. Currículo de São Paulo. Habilidades.

Texto completo:

PDF


Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.