Sobre o sul de Mato Grosso no século XX: a Colônia Agrícola Nacional de Dourados (1943 a 1970)

José Antonio Fernandes

Resumo


Através de bibliografia, fontes primárias e depoimentos orais, tratamos nesse texto sobre história da migração para o sul do antigo estado de Mato Grosso (hoje Mato Grosso do Sul), mais especificamente para a Colônia Agrícola Nacional de Dourados (CAND). Buscamos assim entender uma parte importante da história do atual estado de Mato Grosso do Sul no século XX, através de sua ocupação não indígena, no âmbito da Marcha para Oeste, inaugurada durante o Estado Novo de Getúlio Vargas. O objetivo é promover uma familiarização com o que se passou na região, tratando sobre os tipos e formas de produção tentados no projeto de colonização, que incluíram a produção de erva-mate, produto remanescente de momentos anteriores da história da Colônia, abordando ainda outros temas ligados às relações humanas, procurando incluir na medida do possível, o impacto que a presença não indígena provocou no desenvolvimento social, econômico, político e cultural.

Palavras-chave


Marcha para Oeste. Colônia Agrícola Nacional de Dourados. Estado Novo.

Texto completo:

PDF


Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.