Notas sobre a questão sexual nos cadernos carcerários de Gramsci

Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos, Diana Patricia Ferreira de Santana

Resumo


Como fazer uma avaliação inicial sobre o tema da questão sexual nos cadernos carcerários de Antonio Gramsci? Esta é a questão central que motiva este ensaio. A questão sexual é o termo usado por Antonio Gramsci para referir-se a temáticas contemporaneamente afins ao gênero e ao feminismo. Esta é a hipótese embrionária que orienta o argumento a ser desenvolvido neste texto. Não se pretende confundir gênero e feminismo na presente reflexão, categorias distintas e complexas. Também não se pretende incorrer em anacronismo, tendo em vista a cronologia da noção de gênero ser bastante posterior às formulações gramscianas. Pretende-se discutir estes pontos em termos de suas possibilidades de ressignificação em termos históricos, coerentes com a categoria gramsciana de “tradução”. O texto percorrerá as seguintes etapas: uma definição e discussão do tema da questão sexual conforme Gramsci, um cotejo de dois momentos diferentes de sua lavra carcerária - o parágrafo 62 do caderno carcerário 1 e o parágrafo 3 do caderno carcerário 22 - sobre a categoria em pauta e alguns de seus nexos e contextos abordados sumariamente, com uma breve conclusão com o resumo dos principais argumentos e o ensejo para novas reflexões sobre o tema em tela.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/mvt.v4i07.7495

ISSN Eletrônico: 2358-9205

 

Indexadores:

 

          

   

 

    

 

oasisbr

   

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.