As ilusões da participação popular no século XXI de São Paulo a Buenos Aires: uma homenagem ao professor Flávio Villaça

Autores

  • Guilherme Giuliano Nicolau
  • Ivan Augusto Alves Pereira
  • Claudia Fabiana Guebel

DOI:

https://doi.org/10.30612/mvt.v8i14.15030

Resumo

Neste artigo, objetivamos uma análise comparativa sobre participação popular em metrópoles latino-americanas. Especificamente, comparamos a participação popular em audiências públicas nas cidades de São Paulo, em 2014, e Buenos Aires, em 2018. Metodologicamente, através da observação participante, acompanhamos audiências públicas relativas aos códigos urbanísticos das duas cidades, nos anos indicados, para estabelecer diferenças e similaridades entre as duas experiências e realizamos levantamentos históricos de ambas cidades em relação ao tema. Concluímos que, a despeito dos avanços em termos normativos com relação à cidadania, as condições históricas para seu exercício são desfavoráveis tanto em lugares de participação mais avançada como em Buenos Aires ou mesmo nos avanços recentes em São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Augusto Alves Pereira

Arquitetura, Universidade Belas Artes (SP). Contato: ivanalves@gmail.com

Downloads

Publicado

02/08/2021

Como Citar

Nicolau, G. G., Pereira, I. A. A., & Guebel, C. F. (2021). As ilusões da participação popular no século XXI de São Paulo a Buenos Aires: uma homenagem ao professor Flávio Villaça. MovimentAção, 8(14), 234–249. https://doi.org/10.30612/mvt.v8i14.15030

Edição

Seção

Dossiê: As fronteiras do trabalho em tempos de crise