CHAMADA DOSSIÊ “FRONTEIRA E DEFESA NACIONAL: SEGURANÇA INTEGRADA E AJUDA HUMANITÁRIA”

CHAMADA PARA ARTIGOS: DOSSIÊ “FRONTEIRA E DEFESA NACIONAL: SEGURANÇA INTEGRADA E AJUDA HUMANITÁRIA”

 

Monções, Revista de Relações Internacionais da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) (ISSN 23168323) está selecionando artigos para o Dossiê “Fronteira e Defesa Nacional: Segurança Integrada e Ajuda Humanitária”. A revista aceita artigos inéditos em português, espanhol, francês ou inglês. O prazo máximo de submissão é 15 de março de 2021. As normas de submissão estão disponíveis em http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/moncoes/about/submissions#authorGuidelines.

 

Temas como Fronteiras, Defesa, Segurança e Migrações sempre estiveram presentes em diversos estudos no campo das Ciências Sociais, das Relações Internacionais e de outras áreas do conhecimento. Nas últimas décadas, o incremento da complexidade dos fenômenos globais, como as migrações internacionais forçadas, e dos atores, como os mercenários, tornaram patentes a necessidade de ações e abordagens interdisciplinares sobre tais questões.  Destarte, os conceitos de fronteiras, defesa nacional, segurança integrada e ajuda humanitária foram revalorizados, quando não ressignificados. Emergiram como lócusprincipal das ações de atores internacionais e o epicentro de acontecimentos globais.

Com base no exposto, buscamos definir o seguinte escopo para esse Dossiê Temático: Fronteira e Defesa Nacional: Segurança Integrada e Ajuda Humanitária na América do Sul.

O dossiê busca engajar aqueles que se dedicam aos estudos sobre defesa nacional, segurança integrada e ajuda humanitária a publicarem trabalhos sobre temas como: 

a)    Fronteiras na América do Sul: cooperação em defesa e segurança;

b)    Ajuda humanitária na América do Sul e migração transnacional;

c)    Oportunidades e desafios referentes a segurança e defesa nos três arcos da fronteira do Brasil;

d)    Fronteiras cibernéticas e tecnológicas no Brasil e nos países sul-americanos;

e)    Restrições e Cooperação nas Fronteiras Sul-americanas no Pós-Covid-19; 

f)      Os desafios sanitários e epidemiológicos (Biossegurança) à segurança humana;

g)    O papel das forças armadas sul-americanas nas fronteiras; 

h)    Ameaças e desafios do pós-pandemia na América do Sul (fronteiras, segurança e ajuda humanitária)

i)      Desenvolvimento e integração do Brasil com o entorno estratégico;

Tendo em vista que este número especial de Monções busca oferecer insumos para diferentes abordagens sobre defesa nacional, segurança integrada e ajuda humanitária nas Relações Internacionais, Ciência Política, Geografia, entre outros, convidamos a participar do dossiê pesquisadores e pesquisadoras voltadas à análise das temáticas em tela.

No tocante às sugestões de temas, esperamos receber contribuições originais sobre:

1)    Segurança Integrada, como sugerir políticas públicas efetivas e capazes de promover a integração de diversos setores e atores;

2)    Discussões conceituais e empíricas sobre os desafios da Operação Acolhida no pós-Covid19;

3)    As oportunidades e os desafios referentes a segurança e defesa nos três arcos da fronteira do Brasil; 

4)    O entorno estratégico do Brasil e os desafios estratégicos contemporâneos, como as questões sobre biossegurança; 

5)    Estudos sobre os novos temas (ex. cibersegurança) e os atores (ex. mercenários) de defesa e segurança internacional.

 

Prazo para recebimento de artigos: 15 de março de 2021

Lançamento do número: até dezembro de 2021

 

Organizadores

Prof. Tomaz Espósito Neto (UFGD)

Prof. Fernando José Ludwig (UFT)

Prof. Camilo Pereira Carneiro (UFGD)