Vulnerabilidade do Aquífero Guarani na região Centro-Oeste do Rio Grande do Sul, Brasil

Gislaine Mocelin Auzani, Ricardo Simão Diniz Dalmolin, Jean Michel Moura-Bueno, José Luiz Silvério da Silva, Fabrício Araújo Pedron

Resumo


Conhecer as áreas de lençóis freáticos de maior vulnerabilidade natural à contaminação contribui para as ações de manutenção e preservação dos aquíferos. O objetivo deste estudo foi avaliar a vulnerabilidade natural do Sistema Aquífero Guarani à contaminação usando o modelo DRASTIC usando informações obtidas em poços, e comparar diferenças ao usar o parâmetro S (solo) de levantamentos de solo em escalas 1:50.000 e 1:1.000.000. Além disso, para identificar o (s) parâmetro (s) com maior efeito nos valores de ID-DRASTIC e propor uma equação de estimativa de ID-DRASTIC para a região. O estudo foi realizado na carta topográfica Vila Kramer, município de São Francisco de Assis, RS, Brasil. O modelo DRASTIC identificou zonas vulneráveis (30%), muito vulneráveis (61%) e extremamente vulneráveis (9%). O uso de informações de levantamentos de solo nas escalas 1:50.000 e 1:1.000.000 apresentaram pequenas variações locais, tendo pouco efeito na modelagem da vulnerabilidade da água à contaminação. O parâmetro D (profundidade da zona não saturada) teve o maior efeito sobre os valores ID-DRASTIC.


Palavras-chave


Mapeamento de solos. Escala de mapeamento. Modelagem matemática. Contaminação da água subterrânea. Índice Drastic.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ADNAN, A.; IQBAL, J.; MALTAMO, M.; VALBUENA, R. GIS-based DRASTIC model for groundwater vulnerability and pollution risk assessment in the Peshawar District, Pakistan. Arabian Journal of Geosciences. v.11, p.458, 2018.

ALLER, L.; BENNETT, T.; LEHR, J.H.; PETTY, R.J.; HACKETT, G. DRASTIC: A standardized system for evaluating groundwater pollution potential using hydrogeologic settings. Environmental Protection Agency Report, NWWA/USEPA Series report 600/2-85/018, 1987.

ANWAR, P.; RAO, M.; PREM, C.; RAO, V. Evaluation of groundwater potential of Musi River catchment using DRASTIC index model. In: VENKATESHWAR BR, RAM MK, SARALA CS, RAJU C. (Eds.), Hydrology and Watershed Management. Proceedings of the International Conference. B. S. Publishers, p. 399–409, 2003.

AUZANI, G.M.; SILVÉRIO, DA SILVA, J.L.; CASSOL, R. Sensoriamento remoto aplicado ao estudo da arenização em São Francisco de Assis, RS. Geomática. v.1, p.67-76, 2006.

BAI, L.; WANG, Y.; MENG, F. Application of DRASTIC and extension theory in the groundwater vulnerability evaluation. Water Environment Journal. v.26, p.381–391, 2011.

BLANCHARD, L.; VIRA, B.; BRIEFER, L. The lost narrative: ecosystem service narratives and the missing Wasatch watershed conservation story. Ecosystem Services. v.16, p.105–111, 2015.

CAMPONOGARA, I. Vulnerabilidade natural no sistema Aquífero Guarani e análise de parâmetros físico-químicos das águas subterrâneas em Quaraí, BR e Artigas, UY. Santa Maria, RS: Universidade Federal de Santa Maria, 2006. 110p. Dissertação (Mestrado em Geografia).

CARVALHO, G. Vulnerabilidade à contaminação de águas subterrâneas: comparação de modelos baseados no método DRASTIC. Cadernos de Geografia Coimbra, nº 32, p. 289-299, 2013. Available in: http://www.uc.pt/fluc/depgeo/Cadernos_Geografia/Numeros_publicados/CadGeo32/Eixo3_2. Access in: 12 abr. 2016.

COMPANHIA DE PESQUISAS E RECURSOS MINERAIS - CPRM. Mapa Geológico do Estado do Rio Grande do Sul. Escala 1:750.000. CPRM, 1 CD - ROM, 2008.

COMPANHIA DE PESQUISAS E RECURSOS MINERAIS – CPRM/SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS – SIAGAS. Available in: http://siagasweb.cprm.gov.br/layout/apresentacao.php. Access in: 10 abr. 2016.

CUTRIM, A.O.; CAMPOS, J.E.G. Aplicação dos métodos Drastic e Posh para a determinação da vulnerabilidade e perigo à contaminação do aquífero Furnas na cidade de Rondonópolis-MT. Revista Brasileira de Recursos Hídricos. v.15, n.2, p.127-142, 2010.

DALMOLIN, R.S.D.; KLAMT, E.; PEDRON, F.A.; AZEVEDO, A.C. de. Relação entre as características e o uso das informações de levantamentos de solos de diferentes escalas. Ciência Rural. v.34, n.5, p.1479-1486, 2004.

DUARTE, L.; MARQUES, J.E.; TEODORO, A.C. An Open Source GIS-Based Application for the Assessment of Groundwater Vulnerability to Pollution. Environments. v.6, p.86, 2019.

FLORES, C.A. Mapa de solos e Legenda de identificação: Carta Topográfica Vila Kramer, São Francisco de Assis, RS, 2009.

FOSTER, S.; HIRATA, R.; ANDREO, B. The aquifer pollution vulnerability concept: aid or impediment in promoting groundwater protection? Hydrogeology Journal. v.21, p.1389–1392, 2013.

HAUSMAN, A.; Províncias Hidrogeológicas do Rio Grande do Sul. São Leopoldo, RS: Acta Geológica Leopoldensia, Série Mapas, 1995.

HÉRIVAUX, C.; GRÉMONT, M. Valuing a diversity of ecosystem services: The way forward to protect strategic groundwater resources for the future? Ecosystem Services. v.35, p.184–193, 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA e ESTATÍSTICA – IBGE. Mapa de Solos de Santiago, RS. Escala de 1: 1.000.000, IBGE, 2003.

JARRAY, H.; ZAMMOURI, M.; OUESSAR, M.; ZERRIM, A.; YAHYAOUI, H. GIS based DRASTIC Model for Groundwater Vulnerability Assessment: Case Study of the Shallow Mio-Plio Quaternary Aquifer (Southeastern Tunisia). Water Resources. v.44, p.595–603, 2017.

KONG, M.; ZHONG, H.; WU, Y.; LIU, G.; XU, Y.; WANG, G. Developing and validating intrinsic groundwater vulnerability maps in regions with limited data: A case study from Datong City in China using DRASTIC and Nemerow pollution indices. Environ. Earth Science. v.78, p.262, 2019.

LEPSCH, I.F.; ESPINDOLA, C.R.; VISCHI FILHO, O.J.; HERNANI, L.C.; SIQUEIRA, D.S. Manual para levantamento utilitário e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. Viçosa, MG: SBCS, 2015.

MACIEL FILHO, C.L. Carta Geotécnica de Santa Maria. Santa Maria, Imprensa Universitária: 1990.

MIGUEL, P.; DALMOLIN, R.S.D.; PEDRON, F.A.; MOURA-BUENO, J.M.; TIECHER, T. Identificação de fontes de produção de sedimentos em uma bacia hidrográfica de encosta. Revista Brasileira de Ciência do Solo. v.38, n2, p.585-598, 2014.

MONTANHEIRO, T.J.; ARTUR, A.C.; MONTANHEIRO, F.; NEGRI, F.A.; GESICKI, A.L.; BOGGIANI, P.C. Investigação tecnológica de arenitos silicificados da Formação Botucatu (NE do Paraná) para uso como rocha de revestimento. Geociências. v.30, n.2, p.237-251, 2011.

NEH, A.V.; AKO, A.A.; AYUK, A.R.; HOSONO, T. DRASTIC-GIS model for assessing vulnerability to pollution of the phreatic aquiferous formations in Douala–Cameroon. Journal African Earth Science. v.102, p.180–190, 2015.

OROJI, B. Groundwater vulnerability assessment using GIS-based DRASTIC and GOD in the Asadabad plain. J. Mater. Environment Science. v.9, p.1809–1816, 2018.

OUEDRAOGO, I.; DEFOURNY, P.; VANCLOOSTER, M. Mapping the groundwater vulnerability for pollution at the pan African scale. Science of the Total Environment. v.544, p.939 – 953, 2016.

REGINATO, P.A.R.; AHLERT, S. Vulnerabilidade do Sistema Aquífero Serra Geral na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul. Águas Subterrâneas. v.27, n.2, p.32-46, 2013.

ROSENBERGER, M.; VARNIER, C.; IRITANI, M.A.; FERREIRA, L.M.R.; ODA, G.H.; VIOTTI, M. Vulnerabilidade natural à contaminação do sistema aquífero Bauru na área urbana do município de Bauru (SP). Revista do Instituto Geológico. v.34, n.2, p.51-67, 2013.

SILVÉRIO DA SILVA, J.L.; CAMPONOGARA, I.; GOMES, J.A.A.; FRANTZ, L.C.; MORAIS, T.Z. Cadastro dos recursos hídricos subterrâneos do município de Toropi-Rs, com sistema de informação geográfica. Revista águas subterrâneas, v.20, p.1-11, 2006.

SILVÉRIO DA SILVA J.L.; MAZIERO, L.; SANTOS, E.F. Impactos da atividade humana sobre o solo-Aquíferos. Conhecendo os recursos hídricos subterrâneos. In: AZEVEDO, A.C. de; DALMOLIN, R.S.D.; PEDRON, F.A. (editores) Solos & Ambiente. I Fórum. Santa Maria: Pallotti, 2004.

SMITH, M.; CROSS, K.; PADEN, M.; LABAN, P. 2016 In: Spring: Managing Groundwater Sustainably. IUCN, Gland, Switzerland. Available in: https://doi.org/10.2305/IUCN.CH.2016. Access in: 12 abr. 2016.

STRECK, E.V.; KAMPF, N.; DALMOLIN, R. S. D.; KLAMT, E.; NASCIMENTO, P. C.; GIASSON, E.; PINTO, L.F.S.; SCHNEIDER, P.; Flores, C.A. Solos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Emater/RS: 5.ed. rev. e ampl., 2018.

TIECHER T.; MINELLA, J.P.G.; CANER, L.; EVRAD, O.; ZAFAR, M.; CAPOANE, V.; LE GALL, M.; RHEINHEIMER, D.S. Quantifying land use contributions to suspended sediment in a large cultivated catchment of Southern Brazil (Guaporé River, Rio Grande do Sul). Agriculture, Ecosystems & Environment. v.237, p.95-108, 2017.

VALLE JUNIOR, R.F.; VARANDAS, S.G.P.; SANCHES FERNANDES, L.F.; PACHECO, F.A.L. Multi Criteria Analysis for the monitoring of aquifer vulnerability: A scientific tool in environmental policy. Environment Science & Policy. v.48, p.250-264, 2015.




DOI: https://doi.org/10.30612/el.v11i22.12023

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.