Lourenço Filho e o boletim “Organização do ensino primário e normal” em Mato Grosso

Estela Natalina Mantovani Bertoletti, Ademilson Batista Paes

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar aspectos do Boletim n. 22, “Organização do Ensino Primário e Normal – XVII. Estado de Mato Grosso”, dirigido por Manoel Bergström Lourenço Filho (1897-1970) e publicado em 1942. Os dados organizados nesse Boletim trazem características da educação mato-grossense, do ponto de vista dos órgãos oficiais que dão a conhecer a situação da educação naquele estado, nos anos de 1930 a 1940. Dentre esses aspectos, podemos destacar a análise de Lourenço Filho sobre o aumento quantitativo do ensino primário em Mato Grosso, não acompanhado, a seu ver, de aumento qualitativo de rendimento escolar.

Palavras-chave


Lourenço Filho. Ensino primário. Ensino normal.

Texto completo:

PDF

Referências


BERTOLETTI, Estela Natalina Mantovani. Lourenço Filho e a alfabetização – um estudo de Cartilha do povo e da cartilha Upa, cavalinho!. São Paulo: Editora Unesp, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação e Saúde. Decreto-Lei n. 580. Rio de Janeiro: INEP, 1938. Publicado no DOU de 30.07.1938

BRASIL. Ministério da Educação e Saúde. Organização do ensino primário e normal. XVII – Estado de Mato Grosso. Boletim n. 22. Rio de Janeiro: INEP, 1942.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. X Exposição de Obras Raras. Organização do ensino primário e normal nos Boletins do INEP. Acesso em: maio 2015. Disponível em: http://download.inep.gov.br/download/cibec/obras_raras/XV.pdf

CARVALHO, Manuel Marques. Lourenço Filho e o Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos. IN: ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO. Um educador brasileiro: Lourenço Filho. (Livro Jubilar organizado pela Associação Brasileira de Educação). São Paulo: Melhoramentos, 1959. p. 83-107.

LOURENÇO FILHO, Manoel Bergstrom. Introdução. In: BRASIL. Ministério da Educação e Saúde. Organização do ensino primário e normal. XVII – Estado de Mato Grosso. Boletim n. 22. Rio de Janeiro: INEP, 1942. p. 7-9.

LOURENÇO FILHO, Manoel Bergstrom. Antecedentes e primeiros tempos do INEP. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 86, n. 212, p. 179-185, jan./abr. 2005. Disponível em: http://download.inep.gov.br/download/70Anos/Texto_Lourenco_Filho.pdf. Acesso em: jun. 2014.

MATO GROSSO. Regulamento da Instrução Pública do Estado de Mato Grosso. Cuiabá, 1927. Acesso em: jul. 2013. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/114996/Regulamento%20MT%201927,%2022%20de%20abril.pdf?sequence=1

MONARCHA, Carlos Roberto; LOURENÇO FILHO, Ruy (Org.). Por Lourenço Filho: uma biobibliografia. Brasília: INEP/MEC, 2001. p. 23-48.

MORTATTI, Maria do Rosário Longo. Os sentidos da alfabetização: São Paulo - 1876/1994. São Paulo: Ed. Unesp, 2000.

PAES, Ademilson Batista. A escola primária rural em Mato Grosso no período republicano (1889-1942). 2011. Tese (Doutorado em Educação Escolar). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Araraquara, 2011.




DOI: https://doi.org/10.30612/eduf.v7i21.8097

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.