A formação da normalista para atuar com crianças no México: experiências de mobilidade acadêmica

María Cristina Lara Bada, María Guadalupe Ñeco Reyna, Vanessa Kusminski

Resumo


Este artigo é um relato da formação normalista de professores nos Estados Unidos Mexicanos a partir da experiência de mobilidade acadêmica vivida no ano de 2018, no âmbito do Projeto Paulo Freire de Mobilidade Acadêmica para Estudantes de Programas Universitários de Formação de Professores, coordenado pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI). A formação normalista vivenciada teve por base os estudos em uma Escola Normal mexicana e os estágios com crianças na escola de educação básica. O trabalho revela o contexto vivido, reflete acerca das influências pedagógicas na formação da criança mexicana, possibilitando aprofundar conhecimentos sobre docência e formação de professores.


Palavras-chave


Escola Normal. Formação de Professores. Mobilidade Acadêmica.

Texto completo:

PDF

Referências


BENV-La Fundación De La Escuela Normal Veracruzana.Disponível em: http://www.benv.edu.mx/inicio/index.php. Acesso em: 27 jan. 2019.

BENV –Boletín Normalista.n.29, set.2018. Disponível em: http://www.benv.edu.mx/boletines/___PDF___2018___/boletin_29_2018.pdf. Acesso em: 02fev. 2019.

BENV –Boletín Normalista.n.33, out. 2018. Disponível em: http://www.benv.edu.mx/boletines/___PDF___2018___/boletin_33_2018.pdf. Acesso em: 02 fev. 2019.

CAZALES, Z. N. Formación de profesores en las Escuelas Normales de México: siglo XX. Revista Historia de la Educación Latinoamericana, v. 17, n.25 ,p. 17-34. 25, jul./dez. 2015. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/869/86941142002.pdf. Acesso em: 25 jan. 2019.

DUCOING, P. Origen de la Escuela Normal Superior de México. Rhela. v. 6. p. 39-56, 2004. Disponível em: https://www.redalyc.org/html/869/86900604/. Acesso em: 02 fev. 2019.

ELIAS, N.O processo civilizador: uma história dos costumes. Tradução: Ruy Jungmann. 2. ed. v. 1, Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1987.INEGI -

Instituto Nacional de Estadística y Geografía.2015. Disponível em: https://www.inegi.org.mx/temas/estructura/. Acesso em: 26 jan. 2019.

MÉXICO. Constitución Política de los Estados Unidos Mexicanos. DOF 5/2/1917. Disponível em: https://www.juridicas.unam.mx/legislacion/ordenamiento/constitucion-politica-de-los-estados-unidos-mexicanos#10538. Acesso em: 26 jan. 2019.

SEP. Nuevo Modelo Educativo.2018. Disponível em: https://www.gob.mx/sep/documentos/nuevo-modelo-educativo-99339. Acesso em: 27 jan. 2019.

UNESCO -La cocina tradicional mexicana, cultura comunitaria, ancestral y viva: el paradigma de Michoacán.2010.Disponível em: https://ich.unesco.org/es/RL/la-cocina-tradicional-mexicana-cultura-comunitaria-ancestral-y-viva-el-paradigma-de-michoacan-00400#identification. Acesso em: 02 fev. 2019.




DOI: https://doi.org/10.30612/eduf.v9i27.12775

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.