TERRITÓRIOS COM MINERAÇÃO NA REGIÃO SUDESTE DO PARÁ – NORTE DO BRASIL

Autores

  • João Marcio Palheta Doutor em Geografia pela Unesp - Presidente Prudente. Docente na Universidade do Pará (UFPA). Programa de Pós-Graduação em Geografia –Prédio do IFCH, sala do PPGEO, Campus do Guamá, Rua Augusto Corrêa, 01 – Guamá – CEP. 66075 – 110, Belém (PA), Brasil. Tel: (+55 91) 3201-8194.
  • Christian Nunes Silva Doutor em Ecologia Aquática e Pesca pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Docente na Universidade Federal do Pará. Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Pará (IHGP).Programa de Pós-Graduação em Geografia –Prédio do IFCH, sala do PPGEO, Campus do Guamá, Rua Augusto Corrêa, 01 – Guamá – CEP. 66075 – 110, Belém (PA), Brasil. Tel: (+55 91) 3201-8194.
  • Gláucia Nascimento Medeiros Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Pará (UFPA). Prédio do IFCH, sala do PPGEO, Campus do Guamá, Rua Augusto Corrêa, 01 – Guamá – CEP. 66075 – 110, Belém (PA), Brasil. Tel: (+55 91) 3201-8194

DOI:

https://doi.org/10.5418/RA2015.1115.0011

Resumo

Este ensaio busca analisar as transformações territoriais a partir do crescimento econômico, populacional e das fragmentações municipais ocorridas a partir da década de 1980, na região Sudeste do Estado do Pará, especialmente na área onde se concentram os maiores projetos de mineração da companhia Vale, e as relações de poder que constituem a região de Carajás na atualidade como a principal região do Estado Brasileiro, ao receber os maiores investimentos ligados a mineração, aceleradas a partir da instalação do Projeto Ferro Carajás e dos demais projetos ligados as atividades mineradoras na Amazônia Paraense, ampliando a fronteira mineral na Amazônia e suscitando, novas questões de interesse estratégicos para o estado Brasileiro a partir da exploração mineral,levando-se em conta a questão sobre a mineração ser capaz ou não, de induzir o desenvolvimento sócio econômico na região ou apenas, mera exportadora de matérias prima sem agregação de valor, ao recurso mineral e ao trabalho, como tem sido nos últimos trintas anos, de exploração mineral em território Paraense.

Downloads

Publicado

03/07/2017

Como Citar

Palheta, J. M., Silva, C. N., & Medeiros, G. N. (2017). TERRITÓRIOS COM MINERAÇÃO NA REGIÃO SUDESTE DO PARÁ – NORTE DO BRASIL. Revista Da ANPEGE, 11(15), 281–308. https://doi.org/10.5418/RA2015.1115.0011

Edição

Seção

Artigos