Escola, território e desigualdade: Ampliando perspectivas teóricas e agendas de pesquisa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5418/ra2021.v17i32.13053

Palavras-chave:

Geografia da Educação, desigualdades territoriais, política educacional.

Resumo

o presente texto tem como objetivo problematizar e propor outras abordagens teórico-metodológicas, desde o campo epistemológica da geografia, em sua vertente crítica, para as pesquisas que buscam entender a relação entre escola, território e desigualdade. Trata-se de uma pesquisa documental, de caráter qualitativo, que tem como fonte de investigação artigos nacionais e internacionais, publicados entre 2005 e 2019 que tratam da relação entre escola, território e desigualdade. Com a análise da revisão da literatura constatou-se que, de forma geral, as pesquisas nacionais sobre o tema articulam concepções construídas no campo da sociologia urbana, com ampla influência teórico-conceitual da Escola de Chicago com aquelas elaboradas pela sociologia da educação, com especial destaque para o conceito de efeito território, derivação do efeito de lugar consolidado na literatura sociológica a partir das contribuições de Pierre Bourdieu. No âmbito internacional, as pesquisas abordam os efeitos das políticas educacionais, sob viés neoliberal, na ampliação das desigualdades escolares e espaciais. Entre as principais considerações apontadas neste trabalho, destacamos a pouca preocupação no debate conceitual em problematizar o território a partir de uma teoria espacial. Assim, na parte final do texto, problematizamos como as contribuições teórico-metodológicas da geografia, em sua vertente crítica, principalmente na constituição de uma teoria do espaço é fundamental para ampliarmos o entendimento da relação entre escola, território e desigualdades, articulando-a com o sentido da produção espacial no capitalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Donizeti Girotto, Departamento de Geografia, Universidade de São Paulo

Professor Doutor do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo

João Victor Pavesi de Oliveira, Universidade de São Paulo

Mestre em Geografia Humana. Pesquisador do Laboratório de Ensino e Material Didático. Professor da Rede Privada de Ensino.

Referências

ANDERSSON, E., MALMBERG, B., ÖSTH, J.. Travel-to-school distances in Sweden 2000-2006: Changing school geography with equality implications. Journal of Transport Geography. 23. 10.1016, 2012.

BELL, C. A. All choices created equal? The role of choice sets in the selection of schools. Peabody Journal of Education. Anais...abr. 2009

BOURDIEU, P.. Efeitos de lugar. In: BOURDIEU, P. (Coord.). A Miséria do mundo. 3ª Edição. Petrópolis: Vozes, 1999. p. 159-166.

CARLOS, A. F. A. A condição espacial. São Paulo: Contexto, 2011.

COSTA, M., KOSLINKSKI, M. C.. Escolha, estratégia e competição por escolas públicas. Pro-posições. Campinas, v. 23, n. 2, 2012.

ÉRNICA, M.; BATISTA, M. A. G. A Escola, a metrópole e a vizinhança vulnerável. Cadernos de Pesquisa. V. 42, n 146, 2012.

FJELLMAN, A. M.; YANG HANSEN, K.; BEACH, D. School choice and implications for equity: the new political geography of the Swedish upper secondary school market. Educational Review, v. 71, n. 4, p. 518–539, 4 jul. 2019.

HARVEY, D.. A Justiça Social e a Cidade. Trad. de Armando C. da Silva. São Paulo: Editora HUCITEC, 1980 [1973].

HOLLOWAY, S. L.; PIMLOTT-WILSON , HELENA; (2011) The politics of aspiration: neo-liberal education policy, ‘low’ parental aspirations, and primary school Extended Services in disadvantaged communities, Children's Geographies, 9:1, 79-94, 2011.

KADT, J. DE; NORRIS,S. A.; FLEISCH, B.; RICHTER; L.; ALVANIDES, S. Children's daily travel to school in Johannesburg-Soweto, South Africa: geography and school choice in the Birth to Twenty cohort study, Children's Geographies, 12:2, 170-188, 2014.

KOSLINKSKI, M. C.; ALVES, F.. Novos olhares para as desigualdades de oportunidades educacionais: a segregação residencial e a relação

favela-asfalto no contexto carioca. Educação e Sociedade, Campinas, v. 33, n.

, p. 805-831, jul./set. 2012.

KOTOK, S. et al. School Choice, Racial Segregation, and Poverty Concentration: Evidence From Pennsylvania Charter School Transfers. Educational Policy, v. 31, n. 4, p. 415–447, 1 jun. 2017.

LAFLEUR, J. Locating Chicago’s charter schools: A socio-spatial analysis. Education Policy Analysis Archives, 24(33). 2016.

MASSEY, D.. Introduction – Geography matters. In: MASSEY, Doreen; ALLEN, John. Geography matters! Cambridge: Open University/Cambridge University Press, 2002 [1984], p. 1-11.

RIBEIRO, L. C. Q.; KOSLINKSKI, Mariane Campelo. Efeito metrópole e acesso às oportunidades educacionais. Reviste Eure, vol. 35, nº 106, 2009.

RIBEIRO, V. M.; VÓVIO, C. L. Desigualdade escolar e vulnerabilidade social no território. Educar em Revista. Curitiba, n. Especial 2, 2017.

SANTOS, M. Sociedade e Espaço: a formação social como teoria e método. Boletim Paulista de Geografia. N. 54, 1977.

__________. Por uma Geografia Nova. 4º edição. São Paulo: Hucitec, 1996.

__________. A natureza do espaço. São Paulo: EDUSP, 2004.

SOJA, E. W. Geografias pós-modernas: a reafirmação do espaço na teoria social. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1993.

TORRES, H. G., FERREIRA, Maria Paula; GOMES, Sandra. Educação e segregação social: explorando as relações de vizinhança. In: MARQUES, E. e TORRES. H.G. (orgs.). São Paulo: segregação, pobreza e desigualdade. São Paulo: Editora do Senac, 2005, p. 123-142.

TORRES, H. G. et al. Educação na periferia de São Paulo: ou como pensar as desigualdades educacionais? In: RIBEIRO, L. C. Q.; KAZTMAN, R. (orgs.). A cidade contra a escola? Segregação urbana e desigualdades educacionais em grandes cidades da América Latina. Rio de Janeiro: Letra Capital, FAPERJ, 2008.

YOON, E.; LUBIENSK, C. I.; LEE, J.. The geography of school choice in a city with growing inequality: the case of Vancouver, Journal of Education Policy, 33:2, 279-298, 2018.

Downloads

Publicado

01/07/2021

Como Citar

Girotto, E. D., & Pavesi de Oliveira, J. V. (2021). Escola, território e desigualdade: Ampliando perspectivas teóricas e agendas de pesquisa. Revista Da ANPEGE, 17(32), 49–64. https://doi.org/10.5418/ra2021.v17i32.13053