Land grabbing, financeirização da agricultura e mercado de terras: velhas e novas dimensões da questão agrária no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5418/ra2020.v16i29.12506

Palavras-chave:

financeirização da agricultura, questão agrária, land grabbing, açambarcamento de terras, mercado de terras, estrutura fundiária

Resumo

A virada do século XXI na América Latina esteve associada a um novo consenso em torno das commodities e ao reforço de dinâmicas de expropriação ou despossessão. No Brasil esse período correspondeu à consolidação de uma economia política do agronegócio e à expansão dos projetos extrativos no campo. Essa nova conjuntura renovou e reforçou dinâmicas de concentração fundiária, colocando novos desafios para a questão agrária brasileira. O artigo avança na análise de três dimensões estratégicas: a crescente financeirização da agricultura que impulsiona a expansão do agronegócio; os processos de financeirização e estrangeirização da terra e a conformação de uma nova governança global dos negócios com terra e o acirramento dos conflitos territoriais. As reflexões resultam das discussões e estudos realizados no âmbito do Grupo de Estudos sobre Mudanças Sociais, Agronegócio e Políticas Públicas (GEMAP) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karina Yoshie Martins Kato, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Professora do Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Sergio Pereira Leite, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Professor Titular do Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) e Diretor do Centro de Estudos Avançados (CEA) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Referências

AGENCIA PUBLICA. O Agro é branco. 2019. Disponível em: https://apublica.org/2019/11/o-agro-e-branco/. Access jan. 2020.

BARROS Jr., O. A. A mercadorização de terras agrícolas na região do MATOPIBA e as flutuações de preços. Rio de Janeiro: CPDA/UFRRJ. Mimeo. 2020.

BORRAS, S. M.; FRANCO, J.; WANG, C.. The Challenge of Global Governance of Land Grabbing: Changing International Agricultural Context and Competing Political Views and Strategies, Globalizations, 10:1, 2013. Pp. 161-179.

BORRAS, S. M.; KAY, C.; GOMEZ, S. & WILKINSON, J. Land grabbing and global capitalist accumulation: key features in Latin America, Canadian Journal of Development Studies/Revue canadienne d'études du développement, 33:4, 2012. Pp. 402-416.

BRUNA, N. Land of Plenty, Land of Misery: Synergetic Resource Grabbing in Mozambique. Land 2019, 8: 113, 2019. Pp. 2-16.

CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2019. Goiânia: CPT Nacional, 2020.

CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2018. Goiânia: CPT Nacional, 2019.

CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2017. Goiânia: CPT Nacional, 2018.

CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2016. Goiânia: CPT Nacional, 2017.

CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2015. Goiânia: CPT Nacional, 2016.

CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2014. Goiânia: CPT Nacional, 2015.

CLAPP, J. Financialization, Distance and Global Food Politic. Presented at the International Conference on Food s Sovereignty: a critical dialogue. United States: Yale University, 2013.

CLAPP, J. Responsibility to the rescue? Governing private financial investment in global agriculture. Agriculture Human Values. 2016. Pp. 1-13.

CONAB. Série Histórica de Produção. 2020. Disponível em: http://www.conab.gov.br. Acesso em: 20 fev.

DEININGER, K.; BYERLEE, D. Rising Global Interest in Farmland: can it yield sustainable and equitable benefits? Washington: World Bank, 2011.

DELGADO, G. C. Especialização primária como limite ao desenvolvimento. Desenvolvimento em Debate. V.1, n. 2, 2010. Pp. 111-125.

DELGADO, G. C. Do capital financeiro na agricultura à economia do agronegócio. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2012.

DUCASTELL, A. e ANSEEUW, W. Investissements fonciers à grande échelle et financiarisation de l’agriculture: une analyse par les filières agrofinancières. In.: Allaire, Gilles; Daviron, Benoit (coord.). 2017. Transformations Agricoles et Agroalimentaires. Versailles: Editions Quae.

EDELMAN, M. Messy hectares: questions about the epistemology of land grabbing data, The Journal of Peasant Studies, 40:3, 2013. Pp. 485-501.

EDELMAN, M.; BORRAS, J. Political Dynamics of Transnational Agrarian Movements. Estados Unidos: Fernwood Publisching, 2016.

FAIRBAIRN, M. Just Another Asset Class? Neoliberalism, Finance and the Construction of Farmland Investment. In.: WOLF, S. A.; BONANNO, A. The Neoliberal Regime in the Agrifood Sector: crisis, resilience and restructuring. Estados Unidos: Routledge, 2014.

FAIRBAIRN, M. Like Gold with Yield: evolving intersections between farmland and finance. The Journal of Peasant Studies, 41: 5, 2014. Pp. 777-795.

FEDERICI, S. Women, Land Struggles and the Construction of the Commons. Working USA, volume 14, número 1, 2011.

FLEXOR, G.; LEITE, S. P. Land Market and Lan Grabbing in Brazil during the Commodity Boom of the 2000s. Contexto Internacional, 39(02), may/ago 2017.

GOMES C.M.P., Financeirização da terra e poder corporativo na “última” fronteira agrícola – Matopiba (Projeto de Qualificação de Tese de Doutorado), Rio de Janeiro, CPDA/UFRRJ, 2017.

GRAIN. Seized! The 2008 land grab for food and financial security. Grain briefing, 2008.

GRAIN and REDE SOCIAL DE JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS. Harvard's billion-dollar farmland fiasco, São Paulo: GRAIN and Rede Social de Justiça e Direitos Humanos, 2018.

GRAS, C. HERNANDEZ, V. Radiografia del Nuevo Campo Argentino: del terrateniente al empresário transnacional. Buenos Aires: Siglo Veintiuno Editores, 2016.

GRAS, C., NASCIMENTO, R.C. Monopólio de terras e capital financeiro: a atuação da empresa Cresud na América Latina, in Bernardes J.A., Frederico S., Gras C., Hernandez V., Maldonado G. (coord.), Globalização do agronegócio e land grabbing: a atuação das megaempresas argentinas no Brasil, Rio de Janeiro, Lamparina, p. 118-134, 2017.

HARVEY, D. O “novo” Imperialismo: acumulação por espoliação. Nova Iorque: Oxford, 2003.

HARVEY, D. The 'New' Imperialism: Accumulation by Dispossession, Socialist Register, vol. 40, p. 95-125, 2004.

HIGH QUEST PARTNERS. Private Financial Sector Investment in Farmland and Agricultural Infrastructure, OECD Food, Agriculture and Fisheries Working Papers, No. 33, OECD Publishing, 2010.

HOFFMANN, R. A Distribuição da Posse da Terra no Brasil, com Resultados Preliminares para 2017. 57o Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. Ilhéus: SOBER, 2019.

KNUTH, S. Global Finance and the Land Grab: mapping twenty-first century strategies. Revue cannadienne d’études du développment, volume 36, numero 2, 2015.

LAND MATRIX. Brazil: Map, s.l.: The Land Matrix, 2020.

LEVIEN, M. Da acumulação primitiva aos regimes de desapropriação. Sociologia e Antropologia, v. 04, n. 01, p. 21-53, jun. 2014.

MATTEI, L. O debate sobre a reforma agrária no contexto do Brasil rural atual. Política e Sociedade, volume 15, edição especial. 2016. Pp. 234-260.

MEDEIROS, L. Conflitos Fundiários e Violência no Campo. In.: CANUTO, A.; LUZ, C. R. Da S.; SANTOS, P. C. M. dos (org.). Conflitos no Campo 2014. Goiânia: CPT Nacional, 2015.

OXFAM, Desterrados: tierra, poder y desigualdad en America Latina, Oxford, Oxfam Internacional America, 2016.

PALMEIRA, M.; LEITE, S.P. Debates econômicos, processos sociais e lutas políticas. In: COSTA, L.F., SANTOS, R. (orgs.) Política e reforma agrária. Rio de Janeiro: Mauad, 1998.

PREQIN. Preqin Special Report: Agriculture. 2016. Disponível em: http://docs.pre qin.com/reports/Preqin-Special-Report-Agriculture-September-2016.pdf. Acesso em 13 january 2020.

PREQIN. Preqin Special Report: The natural resources Top 100, New York: Preqin, 2017.

RANGEL, I. A questão da terra, Revista de Economia Política, vol. 6, n°4, out./dez., p. 71-77, 1986.

SASSEN, S. Land Grabs Today: Feeding the Disassembling of National Territory, Globalizations, 10:1, 2013. Pp. 25-46

SASSEN, S. Expulsões: brutalidade e complexidade na economia global. Angélica Freitas (trad.). Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2016.

SAUER, S.; BORRAS Jr., S.J. Land Grabbing and Green Grabbing: uma leitura da “corrida na produção acadêmica” sobre a apropriação global de terras. Campo-Território: revista de geografia agrária. Edição Especial, junho de 2016. P. 6-42.

SAUER, S., LEITE, S.P. Expansão agrícola, preços e apropriação de terra por estrangeiros no Brasil. Revista de Economia e Sociologia Rural, 50(3), jul./sep., 2012.

SAUER, S., LEITE, A.Z., Medida Provisória 759: descaminhos da reforma agrária e legalização da grilagem de terras no Brasil, Retratos dos Assentamentos, vol. 20, n°1, p. 14-40, 2017.

STEINWEG, T., KUEPPER, B. & PIOTROWSKI, M. Foreign Farmland Investors in Brazil Linked to 423,000 Hectares of Deforestation. 2018. [Online]

Disponível em: https://chainreactionresearch.com/wp-content/uploads/2018/12/Foreign-Farmland-Investors-in-Brazil-Linked-to-423000-Hectares-of-Deforestation-2.pdf. Acesso em 10 abril 2020

SVAMPA, M. Consenso de los commodities y lenguajes de valoración en America Latina, Nueva Sociedad, n°244, março/abril, p. 30-46, 2013.

SVAMPA, M. Las Fronteras del Neoextrativismo en América Latina: conflictos socioambientales, giro ecoterritorial y nuevas dependencias. Alemanha: Bielefeld University Press, 2019.

WILKINSON, J., REYDON, B., SABBATO, A., Concentration and foreign ownership of land in Brazil in the context of global land grabbing, Canadian Journal of Development Studies, vol. 33, n°4. p. 417-438, 2012.

WORLD BANK. Rising global interest in farmland: can it yield sustainable and equitable benefits? Washington D.C.: The World Bank, 2011.

Downloads

Publicado

02/12/2020

Como Citar

Yoshie Martins Kato, K., & Pereira Leite, S. (2020). Land grabbing, financeirização da agricultura e mercado de terras: velhas e novas dimensões da questão agrária no Brasil. Revista Da ANPEGE, 16(29), 458–489. https://doi.org/10.5418/ra2020.v16i29.12506

Edição

Seção

Seção Temática - Geografias do Campo Brasileiro: A questão agraria na conjuntura