Estratégias espaciais e estratégias de fidelização de empresas varejistas: uma análise das lojas Pernambucanas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5418/ra2021.v17i34.12460

Palavras-chave:

Estratégias espaciais. Estratégias de fidelização. Lojas Pernambucanas.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar as estratégias espaciais e as estratégias de fidelização de empresas varejistas tomando como recorte as Lojas Pernambucanas, uma das principais redes do país, de modo a entender como ela atua espacialmente e como decide o local de instalação de suas filiais. Para tanto, analisamos sua distribuição no Brasil e nos estados de São Paulo e Paraná. Além disso, demonstramos a importância do desenvolvimento de mecanismos de captação e fidelização dos clientes por meio da constituição de bancos de dados e estudos de análise do comportamento do consumidor, possibilitando a construção de um relacionamento e de um atendimento mais individualizado e duradouro com os consumidores procurando atender suas necessidades e cultivando a fidelidade. Assim, constatamos que em virtude do acirramento da concorrência, do aumento do poder de consumo e da mobilidade da população, a preocupação dos varejistas deixou de ser somente com a localização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flaviane Ramos dos Santos, Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Campus Presidente Prudente.

Licenciada, Bacharel e Doutora em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) - Campus Presidente Prudente.

Referências

ALVES, André Alexandre; MENEZES, Octaviano. Cartão de crédito Private Label: A arma de crédito na mão do varejo. São Paulo: Novatec Editora, 2007.

BRASIL. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Portal de transparência: Consulta a operações do BNDES. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/transparencia/. Acesso em: out. 2016 e mar. 2018.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR). Disponível em: www.ibevar.org.br/ Acesso em: nov. 2018.

DIAS, Carlos Eduardo. Casas Pernambucanas. Mundo das Marcas. 30 jul. 2006. Disponível em: http://mundodasmarcas.blogspot.com/2006/07/casas-pernambucanas-tudo-para-sua-casa.html. Acesso em: fev. 2016.

FALCÃO, Marina. Herdeiros da Pernambucanas vencem disputa no STJ. Valor Econômico. 28 set. 2017. Disponível em: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2017/09/28/herdeiros-da-pernambucanas-vencem-disputa-no-stj-1.ghtml. Acesso em: out. 2018.

FREITAS, Paulo Springer de. Mercado de Cartões de Crédito no Brasil: problemas de regulação e oportunidades de aperfeiçoamento da legislação. Consultoria Legislativa do Senado Federal, 2007. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/institucional/estrutura/orgaosenado?codorgao=49/textos_discussao.htm. Acesso em: dez. 2017.

LAS CASAS, Alexandre Luzzi; BARBOZA, Valdemirson Alves. Marketing no Varejo. In: Estratégias de Marketing para Varejo: Inovações e diferenciações estratégicas que fazem a diferença no marketing de varejo. São Paulo: Novatec, 2007, p.19-43.

LEAL, Ana Luiza. Herdeiros das Casas Pernambucanas brigam para mudar comando. Exame Abril. 19 fev. 2015. Disponível em: <https://exame.com/revista-exame/edicoes/1083/noticias/%20de-roupa-nova> Acesso em: fev. 2016.

MASCHIO, Maralice. Experiências dos trabalhadores das Lojas Pernambucanas no contexto da reestruturação produtiva (1970-2000). 2008. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2008.

OLIVEIRA, Fagna Florindo de; SANTOS, Sonia Maria Rodrigues. A arte de fidelizar clientes como diferencial competitivo. In: Revista Foco, vol.7, nº2, 2014, p.4-17.

PERNAMBUCANAS. Disponível em: < http://www.pernambucanas.com.br/> Acesso em: jan. 2019.

POCHMANN, Márcio. O mito da grande classe média. São Paulo: Boitempo, 2014.

RIGO, Elisangela Daros. As grandes redes varejistas e suas estratégias econômicas e locacionais no estado de São Paulo. 2000. Dissertação (Mestrado em Geografia), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista. Rio Claro, 2000.

SALTORATO, Patrícia; DOMINGUES, Larissa Cecilia; DONADONE, Júlio César; SANCHES, Eliane Costa; SOLA, Fernando. Fusões, aquisições e difusão da lógica financeira sobre as operações de varejo brasileiro. In: Gestão & Produção, v.23, nº1, 2016, p.84-103.

AUTORA, 2019 – referência omitida para garantir a avaliação às cegas.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento crítico à consciência universal. São Paulo: Hucitec, 2001.

SILVEIRA, Maria Laura. Consumo, crédito y endeudamiento en la Región Metropolitana de São Paulo. In: KOPPMANN, Sonia Vidal (Org.) Metrópolis en mutación. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Café de las ciudades, 2015, p.347-377.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão; AOKI, Yolanda Shizue. Crescimento e concentração das redes comerciais paulistas. In: Caderno Prudentino de Geografia, v. 1, n. 02, 1981.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão; SPOSITO, Eliseu Saverio. Articulações entre múltiplas escalas geográficas: Lógicas e estratégias das empresas. In: Geousp – Espaço e Tempo (Online), v. 21, n. 2, p.462-479, 2017.

VARGAS, Heliana Comin. Espaço Terciário: O lugar, a arquitetura e a imagem do comércio. São Paulo: Senac, 2001.

VOLPI, Alexandre. A história do consumo no Brasil: Do mercantilismo à era do foco no cliente. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

Downloads

Publicado

10/05/2022

Como Citar

Santos, F. R. dos. (2022). Estratégias espaciais e estratégias de fidelização de empresas varejistas: uma análise das lojas Pernambucanas. Revista Da ANPEGE, 17(34), 20–39. https://doi.org/10.5418/ra2021.v17i34.12460