Trocas gasosas de variedades de fava sob condições de salinidade da água de irrigação

Márcio Henrique da Costa Freire, Geocleber Gomes de Sousa, Emanuel D'Araújo Ribeiro de Ceita, Andreza Silva Barbosa, Geovana Ferreira Goes, Claudivan Feitosa de Lacerda

Resumo


O objetivo do presente estudo foi investigar os acessos de feijão-fava mais e menos tolerantes ao estresse salino em função das trocas gasosas foliares. O experimento foi conduzido em ambiente protegido em um delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC), em esquema fatorial 5 x 4, referentes a cinco condutividades elétricas da água de irrigação - CEa: 1,0; 2,0; 3,0; 4,0 e 5,0 dS m-1, e quatro variedades de fava (Branquinha – C1, Manteiguinha – C2, Espírito Santo – C3 e Orelha-de-vó – C4), com quatro repetições. Aos 35 dias após a semeadura (fase vegetativa) coletaram-se dados da condutância estomática (gs), fotossíntese (A), transpiração (E), eficiência instantânea do uso da água (A/E), concentração intercelular do CO2 (Ci) e temperatura foliar (Tl). Os sais afetaram negativamente as trocas gasosas das variedades de fava. Os graus de redução na taxa de fotossíntese indicam as variedades C1 e C3, respectivamente, com maior e menor capacidade tolerar o estresse salino.

 


Palavras-chave


Estresse salino. Fotossíntese. Material genético. Phaselous lunatus L. Transpiração.

Texto completo:

PDF

Referências


Amorim, A.V., Gomes-Filho, E., Bezerra, M.A., Prisco, J.T., Lacerda, C.F. (2010). Respostas fisiológicas de plantas adultas de cajueiro anão precoce à salinidade. Revista Ciência Agronômica,.41(5), 113-121. https://doi.org/10.5935/1806-6690.20100016.

Andrade, J.R., Maia Júnior, S.O., Silva, R.F.B., Barbosa, J.W.S., Nascimento, R., Alencar, A.E.V. (2018). Trocas gasosas em genótipos de feijão-caupi irrigados com água salina. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, 12(3), 2653-2660. https://doi.org/10.7127/rbai.v12n300829.

Ayers, R.S., Westcot, D.W. (1999). A qualidade da água na agricultura. 2.ed. Campina Grande: UFPB.

Barbosa, F.S., Lacerda, C.F., Ghey, H.R., Farias, G.C., Silva Júnior, R.J.C., Lage, Y.A. (2012). Yield and ion content in maize irrigated with saline water in a continuous or alternating system. Ciência Rural, 42(10), 1731-1737. https://doi.org/10.1590/S0103-84782012001000003.

Barreiro Neto, M., Fagundes, R.A.A., Barbosa, M.M., Arriel, N.H.C., Franco, C.F.O., Santos, J.F. (2015). Características morfológicas e produtivas em acessos de feijão-fava consorciados. Tecnologia & Ciência Agropecuária, 9(3), 23-27.

Bernardo, S., Mantovani, E.C., Silva, D.D., Soares, A.A. (2019). Manual de Irrigação. 9. ed. Viçosa: UFV.

Granja, M.B., Vitorino, P.J.P., Sousa, V.F.O., Rodrigues, M.H.B.S., Diniz, G.L., Andrade, F.H.A., Nobre, R.G. (2019). Variedades de feijão-fava submetidas a níveis de salinidade e adubação orgânica. Colloquium Agrariae, 15(1), 104-114. https://doi.org/10.5747/ca.2019.v15.n1.a275.

Medeiros, J.F. Qualidade da água de irrigação utilizada nas propriedades assistidas pelo "GAT" nos Estados do RN, PB, CE e avaliação da salinidade dos solos. (1992). Ano de obtenção: 1992. 173 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal da Paraíba.

Neves, A.L.R., Lacerda, C.F., Sousa, C.H.C., Silva, F.L.B, Gheyi, H.R., Ferreira, F.J., Andrade Filho, F.L. (2015). Growth and yield of cowpea/sunflower crop rotation under diferente irrigation management strategies with saline water. Ciência Rural, 45(5), 814-820. https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20131657.

Pereira Filho, J.V., Viana, T.V.A., Sousa, G.G., Chagas, K.L., Azevedo, B.M., Pereira, C.C.M.S. (2019). Physiological responses of lima bean subjected to salt and water stresses. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 23(12), 959-965.

http://dx.doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v23n12p959-965.

Praxedes, S.C., Damatta, F.M., Lacerda, C.F., Prisco, J.T., Gomes Filho, E. (2014). Salt stress tolerance in cowpea is poorly related to the ability to cope with oxidative stress. Acta Botanica Croatica, 73(1), 51-62. https://doi.org/10.2478/botcro-2013-0010.

Prazeres, S.S., Lacerda, C.F., Barbosa, F.E.L., Amorim, A.V., Araújo, I.C.S., Cavalcante, L.F. (2015). Crescimento e trocas gasosas de plantas de feijão-caupi sob irrigação salina e doses de potássio. Revista Agro@mbiente On-line, 9(2), 111-118. http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v9i2.2161.

Sá, F.V.S., Brito, M.E.B., Andrade Silva, L., Moreira, R.C.L., Fernandes, P.D., Figueiredo, L.C. (2015). Fisiologia da percepção do estresse salino em híbridos de tangerineira "Sunki Comum" sob solução hidropônica salinizada. Comunicata Scientiae, 6(4), 463-470. https://doi.org/10.14295/cs.v6i4.1121.

Sá, F.V.S., Ferreira Neto, M., Lima, Y.M., Paiva, E.P., Prata, R.C., Lacerda, C.F., Brito, M.E.B. (2018). Growth, gas exchange and photochemical efficiency of the cowpea bean under salt stress and phosphorus fertilization. Comunicata Scientiae, 9(4), 668-679. https://doi.org/10.14295/cs.v9i4.2763.

Santos, H.G., Jacomine, P.K.T., Anjos, L.H.C., Oliveira, V.A., Lumbreras, J.F., Coelho, M.R., Almeida, J.A., Araujo Filho, J.C., Oliveira, J.B., Cunha, T.J.F. (2018). Sistema brasileiro de classificação de solos. 5.ed. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica.

Silva, F.A.S., Azevedo, C.A.V. (2016). The Assistat Software Version 7.7 and its use in the analysis of experimental data. Africa Journal and Agriculture Researche, 11(39), 3733-3740. https://doi.org/10.5897/AJAR2016.11522.

Silva, F.L.B., Lacerda, C.F., Neves, A.L.R., Sousa, G.G., Sousa, C.H.C., Ferreira, F.J. (2013). Irrigação com águas salinas e uso de biofertilizante bovino nas trocas gasosas e produtividade de feijão-de-corda. Irriga, 18(4), 304-317. https://doi.org/10.15809/irriga.2013v18n2p304.

Sousa, A.E.C., Lacerda, C.F., Gheyi, H.R., Soares, F.A.L., Uyeda, C.A. (2012). Teores de nutrientes foliares e respostas fisiológicas em pinhão manso submetido a estresse salino e adubação fosfatada. Revista Caatinga, 25(2), 144-152.

Sousa, G.G., Lacerda, C.F., Cavalcante, L.F., Guimarães, F.V.A., Bezerra, M.E.J., Silva, G.L. (2010). Nutrição mineral e extração de nutrientes de planta de milho irrigada com água salina. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 14(11), 1143-1151. https://doi.org/10.1590/S1415-43662010001100003.

Sousa, G.G., Rodrigues, V.S., Soares, S.C., Damasceno, I.N., Fiusa, J.N., Saraiva, S.E.L. (2018a). Irrigation with saline water in soybean (Glycine max (L.) Merr.) in a soil with bovine biofertilizer. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 22(9), 604-609. https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v22n9p604-609.

Sousa, G.G., Sousa, C.H.C., Souza, M.V.P., Freire, M.H.C., Silva, G.L. (2018b). Trocas gasosas na cultura da fava irrigada com águas salinas. Irriga, 1(2), 19-23. https://doi.org/10.15809/irriga.2018v1n2p19-23.

Sousa, V.F.O. Comportamento vegetativo, fisiológico e produtivo na cultura do meloeiro sob salinidade. (2017). Ano de obtenção: 2017. 64 f. Dissertação (Mestrado em Horticultura Tropical) – Universidade Federal de Campina Grande.

Souza, R.P., Machado, E.C., Silveira, J.A.G., Ribeiro, R.V. (2011). Fotossíntese e acúmulo de solutos em feijoeiro caupi submetido à salinidade. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 46(6), 586-592. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2011000600003.

Taiz, L., Zeiger, E., Moller, I.M., Murphy, A. (2017). Fisiologia e desenvolvimento vegetal. 6.ed. Porto Alegre: ARTEMED.

Teixeira, P.C., Donagemma, G.K., Fontana, A., Teixeira, W.G. (2017). Manual de métodos de análise de solo. 3.ed. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica.




DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v14i51.11958

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

Revista Agrarian 
e-ISSN 1984-2538

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.