Villa Rica del Espiritu Santu e a cidade de Fênix (PR): história que ressurge em meio às cinzas

Luana Caroline Künast Polon

Resumo


Por meio dos resquícios materializados ao longo do tempo no espaço torna-se possível conhecer a história de uma região, bem como de um povo. O município de Fênix, no Paraná, guarda memórias de histórias que envolvem o contato entre os Padres Jesuítas, designados a partir da Companhia de Jesus, e os indígenas que habitavam as terras do que se convencionou chamar de Província do Guairá. As memórias estão presentes nos artefatos materiais que derivam daquele contexto, boa parte dos quais guardados no pequeno museu do município de Fênix, e outros tantos ainda desconhecidos sob o solo da região, mas também se manifestam a partir da fé católica, a qual permanece viva no cotidiano da população. Assim como a ave Fênix ressurge a partir das cinzas, a cidade de Fênix surge dos escombros daquilo que restou da antiga cidade espanhola de Villa Rica del Espiritu Santu.

Palavras-chave


Indígenas. Missões Jesuíticas. Província do Guairá.

Texto completo:

PDF


Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.