Educação Patrimonial, História Pública e Ensino: Análise e possibilidades para a História

Jaqueline Aparecida Martins Zarbato, Joana Carolina Schossler, Aline Vieira Carvalho

Resumo


Este artigo propõe refletir sobre as concepções da Educação Patrimonial e seu entrelaçamento com a História Pública nas proposições para o ensino de história no tempo presente. As concepções teórico-metodológicas de ensinar com o uso da Educação Patrimonial contribuem com as construções de identidades, de narrativas e de formação da consciência histórica, baseando-se nas concepções da educação histórica. E a perspectiva da História Pública que redimensiona o ensino em diferentes espaços educativos, aprofundando as utilizações de fonte e conceitos históricos. A problematização da história pública propõe a ampliação das ações históricas, com engajamento e utilização das fontes em diferentes espaços de produção do conhecimento histórico. Desde a análise dos meios e tipos de produção audiovisual em museus, internet, visitas guiadas pelas cidades, fundamentando o senso crítico e político no tempo presente.

Palavras-chave


Educação Patrimonial. História Pública. Ensino de História. Teoria de História.

Texto completo:

PDF HTML ePUB


DOI: https://doi.org/10.30612/frh.v21i38.11485

Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.