Monitoramento da geração de resíduos sólidos na Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul - Unidade de Coxim: Uma proposta de ferramentas para mitigar a geração de resíduos

JULIANA LIMA DOS SANTOS

Resumo


Uma das principais problemáticas da sociedade moderna é a geração excessiva de resíduos sólidos, contribuindo para a degradação ambiental, descaracterização de ambientes naturais, e aumento dos índices de doença. O presente trabalho consiste no monitoramento da geração de resíduos sólidos na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul em Coxim- MS, realizado com a pesagem gravimétrica de todo material gerado, semanalmente, entre os meses de março, abril e maio. Foi observado que a unidade produz pouca quantidade de resíduos, quando comparados com outras unidades, portanto, com iniciativas simples, propostas no presente estudo é diminuir ainda mais a geração de resíduos sólidos na unidade.


Palavras-chave


3 Rs. Gestão ambiental. Impactos Ambientais. Instituições de ensino superior.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRELPE. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 01 maios de 2018.

Brasil. Lei n. 12.305, de 2 de agosto de 2010 da Política nacional de resíduos sólidos. – Brasília: Câmara dos Deputados. p.73,2010. Disponível em: https://fld.com.br/catadores/pdf/politica_residuos_solidos.pdf. Acesso em; 01 de maio de 2018.

MOREIRA, R.M. Sustainability at Higher Education Institutions: case study of the solid waste management at the University of São Paulo - São Carlos Campus. Tese de Doutorado, Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017.




DOI: https://doi.org/10.30612/re-ufgd.v5i10.8616

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.