O mundo em transformação: cosmopolítica e desenvolvimento entre os Asháninka do rio Ene, Selva Central do Peru

Pedro Alex Rodrigues Viana

Resumo


O trabalho propõe apresentar o gradiente de diferença social e as relações assimétricas entre os asháninka (um grupo falante de uma língua da família Arawak) ene sati, que vivem nas partes baixas, são agricultores e produtores de cacau, os kanoja sati, habitantes das partes altas, onde buscam isolamento para continuar a “viver bem” e as as agencias humanas e não humanas com quem não se pode viver bem. O vale do Ene tem sido palco nos últimos anos de extrema violência, fruto da guerra contra o Sendero Luminoso, o narcotráfico, projetos de desenvolvimento e a exploração de madeira. Para responder a estes problemas, a Comunidade Nativa Cutivireni adotou uma “política externa” de fechamento aos chori, colonos andinos, não permitindo a entrada de madeireiros e negociando a preservação ambiental com uma ONG do Reino Unido e uma “política interna” de interpretação cosmológica a todos os seus problemas, acusando os kanoja sati de bruxaria, ou os kamari (espirito dos mortos), ou os gringos alados, pelas mortes causadas pelas doenças e desnutrição. Nesse sentido, um dos objetivos principais dessa reflexão consiste em mapear as transformações do mundo vivido Asháninka frente ao contexto de abertura ao desenvolvimento incentivada pelo governo peruano nos últimos anos.

Palavras-chave


Asháninka. Feitiçaria. Vale do Ene. Selva Central. Desenvolvimento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/nty.v5i6.6875

________________________________________________________________________

ISSN 2317-8590 (O código ISSN é único para todas as edições)
Todos os direitos reservados ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia - PPGAnt/UFGD
UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
FCH - Faculdade de Ciências Humanas
Rodovia Dourados-Itahum, Km 12 - Caixa Postal 533 - Cidade Universitária
Dourados-MS (Brasil) - CEP 79804-970

  

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.