Protagonismo de mulheres indígenas no espaço de poder: resistência e superação

Danielly Coletti Duarte

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a inserção da mulher indígena de etnia Terena no espaço de poder e tomada de decisão, no município de Campo Grande – MS. Ao atacar o problema da inserção, que pode ser marginal ou protagonista, das indígenas nestes espaços institucionais, sob o viés da Antropologia Feminista, fica em evidência a necessidade de maior participação feminina nestas áreas. Perspectiva possibilitada mediante a pesquisa de campo com uma liderança Terena. Este trabalho apresenta sua relevância ao destacar o sujeito feminino e étnico atuando nas esferas de poder, é um estudo inovador com o intuito de ampliar a bibliografia dentro da temática local.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/mvt.v4i06.9475

ISSN Eletrônico: 2358-9205

 

Indexadores:

                 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.