Enfrentamento e recusa do fenômeno burocrático no maio de 68

Gabriel Teles

Resumo


O objetivo do presente texto é analisar o enfrentamento e a recusa das organizações burocráticas por parte do movimento estudantil e do movimento operário no contexto do Maio de 68 francês. Focaliza-se especialmente o enfrentamento às medidas burocráticas e contrarrevolucionárias do Partido Comunista Francês (PCF) e da Central Geral do Trabalho (CGT). Para tanto, seguiremos o seguinte itinerário: (1) breve apresentação do contexto e das determinações do Maio de 68 francês, (2) o papel do movimento estudantil (3) o papel do movimento operário; (4) o papel contrarrevolucionário da burocracia na experiência francesa, focalizando o PCF e CGT; (4) recusa da burocracia por setores do movimento estudantil e do movimento operário; (5) considerações finais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/mvt.v5i09.7688

ISSN Eletrônico: 2358-9205

 

Indexadores:

                 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.