“Temos o dever sagrado de defender o que é nosso”: a trajetória e a luta política de Marçal de Souza Tupã’i

José Henrique Prado, Antonio Hilário Aguilera Urquiza

Resumo


Marçal de Souza Tupa’i nasceu em 1920 no município de Ponta Porã/MS, em um contexto histórico onde seu povo sofria por um recente contato com a sociedade nacional, sendo vítima, junto com os demais Guarani e Kaiowa de Mato Grosso do Sul de um regime tutelar do Estado brasileiro, que tinha como intuito “desindianizar” esses povos, através de práticas de confinamento em pequenas áreas, desrespeitando o modo de vida dessas populações. O presente trabalho revisita dados de campo coletados em meados dos anos de 2010 e tem como objetivo apresentar uma breve trajetória da vida de Marçal de Souza, liderança da etnia Guarani assassinada em 1983, cujo o nome ainda reverbera em meio aos movimentos indígenas de Mato Grosso do Sul.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/mvt.v4i06.7639

ISSN Eletrônico: 2358-9205

 

Indexadores:

                 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.