Educação ambiental e cultural em uma perspectiva sociológica e interdisciplinar: um o estudo de caso a partir do projeto educação patrimonial e ambiental no município de São Carlos/SP, no contexto da área do aterro sanitário municipal

Dulcelaine L. Lopes Nishikawa, Robson A. Rodrigues, Liane Biehl Printes

Resumo


O artigo apresentado aqui tem por objetivo proporcionar ao leitor uma reflexão sobre temas como Educação, Educação Ambiental, Patrimônio Cultural e Arqueologia em uma perspectiva Sociológica. Para tanto, utiliza-se de um estudo de caso referente ao “Projeto Educação Patrimonial e Ambiental no Município de São Carlos, estado de São Paulo no contexto da área do aterro sanitário municipal”. A maior preocupação com uma reflexão crítica acerca dos problemas ambientais atuais nos levará a construção de métodos pedagógicos mais adequados, gerando uma práxis para superação dessa problemática. Nos nossos projetos educativos sempre buscamos promover ações reflexivas e críticas associando Meio Ambiente e processos Culturais, desde o período pré-colonial até os nossos dias, pois acreditamos que é necessária e urgente uma reflexão pautada na recuperação dos conhecimentos tradicionais para superação da racionalidade capitalista que tem como foco a produção de bens de consumo dentro de uma concepção predatória das relações sociais, ambientais e históricas.

Texto completo:

PDF


ISSN Eletrônico: 2358-9205

 

Indexadores:

                 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.