A construção social do racismo e a sua ressignificação contra os imigrantes haitianos

Fernando Diehl

Resumo


Existem diversas formas e correntes teóricas na sociologia para a compreensão de um fenômeno social. Este trabalho pretende apresentar o conceito de raça, racismo e etnicidade a partir do preconceito sofrido por novos imigrantes – os haitianos - no Brasil. Apresentará um resgate da noção de raça e racismo como construções sociais e em que medida mesmo sendo uma construção social, tais imigrantes - por serem negros - sofrem preconceitos. Demonstrando que existem traços físicos, que geram simbolicamente um preconceito contra um grupo social. Este trabalho, vai discutir como, uma construção social - a de raça –é resignificada para estigmatizar um grupo social recentemente migrado e quais traços que geram o preconceito contra este grupo.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

ISSN Eletrônico: 2358-9205