Promoção de atividades físicas na atenção primária à saúde: revisão integrativa de publicações em língua portuguesa

Joel Carlos Valcanaia Ferreira, Joel Saraiva Ferreira

Resumo


O objetivo do estudo foi analisar as publicações em língua portuguesa que descrevem as intervenções com oferta de atividade física na atenção primária à saúde no Brasil. Realizou-se busca nas bases de dados LILACS, Medline e Scielo, por meio dos descritores Exercício, Sistema Único de Saúde, Atenção Primária à Saúde e Promoção da Saúde. Um conjunto de 10 artigos passou pelos critérios de inclusão, exclusão e filtros eletrônicos aplicados. As publicações iniciaram a partir do ano 2000 e as intervenções indicaram que a oferta de prática de exercícios físicos foi mais prevalente (60%) em comparação com as ações de educação em saúde, destinados aos adultos e idosos (80%), sendo ofertados nas unidades básicas de saúde (60%). Houve grande interesse na avaliação de variáveis sociodemográficas (100%) e indicadores metabólicos de saúde (60%). Concluiu-se que a oferta de prática de atividades físicas na APS está direcionada ao controle de fatores determinantes e condicionantes das doenças crônicas.

Palavras-chave


Exercício. Sistema Único de Saúde. Atenção primária à saúde. Promoção da saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/hre.v5i9.6848

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.